Cenapop
FAMOSOS

Galã dos anos 90, Luka Ribeiro faz reflexão sobre completar 50 anos: "Difícil assumir cabelo grisalho"

Ator revela não suportar falsidade e falta de generosidade é inadmissível

Luka disse ter tido dificuldades para aceitar os cabelos grisalhos
Luka disse ter tido dificuldades para aceitar os cabelos grisalhos - Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 14/04/2021, às 09h48

O ator Luka Ribeiro, galã dos anos 90, comemora 25 anos de carreira em 2021 e reflete sobre completar 50 anos, nesta quarta-feira (14/04), afirmando ter tido dificuldades para aceitar os cabelos grisalhos, em conversa com o Gshow

Luka avaliou seus privilégios ao celebrar carreira: "Me sinto um privilegiado em estar no momento atual, de pandemia, completando todo esse tempo de vida e de carreira. Sou um sobrevivente entre tantos atores que começaram comigo, no final da década de 90, e abandonaram a carreira que é tão disputada e concorrida. Muita gente boa desistiu e escolheu outro caminho. Eu continuo aqui, atuante e trabalhando."

Com diversas novelas em sua conta, a última vez que o ator teve um papel foi em 'Salve-se Quem Puder', além de estar aguardando a estreia de duas minisséries, bem com o fim da pandemia da Covid-19 para poder voltar a gravar: "Foi um ano difícil para a maioria de nós, atores. Mas me sinto grato à vida", afirma.

Para ser um pai parceiro e amoroso, ele diz que reconhece precisar se reinventar todos os dias. Casado com Ane Andrade, os dois são pais de Valentina, de 12 anos: "O mundo mudou. Procuro ser um pai presente, amigo, tentando aprender com ela o que está rolando hoje aqui fora. Mas o importante mesmo é transformá-la numa pessoa do bem, de bom caráter."

Já ao falar sobre completar 50 anos, Luka diz que não tolera certas situações, como não suportar conviver com falsidade e que é inadmissível a falta de generosidade: "Acho inconcebível não ter um olhar carinhoso para o outro, não se importar com o próximo. A falta de generosidade tira totalmente a minha paciência", revelou. Por conta da idade, ele ainda acredita que as oportunidades aumentam em relação à idade, mas que foi difícil conseguir aceitar os cabelos grisalhos.

"Foi difícil assumir o grisalho. Hoje, o que me lembra que estou com 50 anos são os fios brancos na barba e no cabelo. Mas quando me vejo cheio de saúde e vitalidade, com uma aparência bacana para a idade que estou completando, só tenho que agradecer". Ele mantém os cuidados da pele, alimentação saudável e usa shampoo para evitar que os cabelos fiquem amarelados: "Sempre fiz esporte. Na adolescência jogava futebol e fazia natação. Já adulto, incluí o treino de força de musculação com a corrida."

Ele também revelou, finalizando: "Não bebo refrigerante há mais de 15 anos e não como comida industrializada. Me sinto muito bem e super produtivo."

Comentários