FAMOSOS

Kim Kardashian é criticada por vender sapatos que ganhou de presente do ex, Kanye West

Kim Kardashian está se livrando de presentes que ganhou do ex, e foi criticada por isso

Kanye West e Kim Kardashian se separaram no ano passado - Foto: Reprodução/Instagram
Kanye West e Kim Kardashian se separaram no ano passado - Foto: Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 20/03/2022, às 11h39

Kim Kardashian resolveu se livrar de ítens usados que guardava em sua casa, mas a atitude acabou atraindo a fúria de diversos fãs de seu ex-marido, Kanye West. Tudo por causa de sapatos dados por ele para a sua então esposa.

A empresária e socialite de 41 anos anunciou que venderia alguns pares da marca Yeezy, criada pelo rapper quando ainda eram casados. Os preços chegam até 375 dólares (cerca de 1.880 reais na cotação de hoje) no site Kardashian Kloset, criado pelas irmãs Kardashian juntamente com sua mãe, Kris Jenner, para venda de peças usadas.

Nas redes sociais, muita gente reclamou da atitude de Kim, que assumiu recentemente o seu namoro com o comediante Pete Davidson. "Não é possível! Kim está aqui vendendo seus sapatos da Yeezy. Não consigo com isso", disse um deles ao publicar um print do anúncio.

"Vendendo coisas que você ganhou de graça quando você já é bilionária é um ultraje!", argumentou um segundo. "Ela nem pagou por eles. Sou o único que fica desconfortável por ela estar vendendo coisas que nem pagou?", perguntou um terceiro.

O argumento da família Kardashian para criar o site e se livrar de peças usadas é o de que, com isso, estariam "promovendo a sustentabilidade".

Comentários