FAMOSOS

Influenciadora do Miss Bumbum lembra bullying por magreza excessiva: “Odiava meu próprio corpo”

Isabelle Campos representa o Estado de Goiás no concurso

Isabelle Campos na adolescência e em foto atual
Isabelle Campos na adolescência e em foto atual - Foto: CO Assessoria

Redação Publicado em 29/04/2021, às 14h44

Representante do Estado de Goiás na nova edição do Miss Bumbum, a modelo e influenciadora Isabelle Campos, de 19 anos, contou que participar do concurso é um “desafio pessoal” muito grande.

Vítima de bullying no passado por conta da magreza excessiva, ela explicou que “odiava o próprio corpo” e que sofria bastante por conta da baixa autoestima.

“Participar do concurso foi como um desafio para mostrar a mim mesma que devo aceitar o meu corpo como ele é”, ponderou, revelando que não gostava de sua aparência na adolescência.

“Foi o momento que eu mais me odiei. Eu tirava fotos com outras pessoas e olhava meu nariz, meu rosto, meu corpo, nada ficava bom”, lembrou.

Para Isabelle, participar do Miss Bumbum está ajudando no processo de “cura, aceitação e liberdade”: “Foi muito difícil chegar até aqui, mas estou feliz e muito confiante de ter quebrado essa barreira que eu tinha”, comemorou.

Com 91 cm de bumbum, Isabelle concorre ao título de bumbum mais bonito do país ao lado de outras 26 candidatas. O concurso deste ano teve uma invasão de estudantes e também a participação, pela primeira vez, de uma transexual: Sâmella Vinter.

Das 27 concorrentes, 15 vão se classificar para a final após uma votação popular. Depois disso, haverá um desfile de gala onde um júri decidirá quem é a dona do bumbum mais bonito do país. A vencedora vai embolsar R$ 50 mil.

Comentários