FAMOSOS

Ex-BBB Fernando Fernandes diz que acidente mudou sua perspectiva: "Queria viver do esporte, mas não conseguia"

Atleta afirmou que o esporte poderia ser um meio para realizar tudo que quisesse

Fernando sofreu um acidente automobilístico em 2009 e ficou paraplégico - Foto: Reprodução / Instagram @fernandoflife
Fernando sofreu um acidente automobilístico em 2009 e ficou paraplégico - Foto: Reprodução / Instagram @fernandoflife

Redação Publicado em 25/06/2021, às 09h26

O atleta Fernando Fernandes, de 40 anos, contou à revista Quem que o acidente que sofreu em julho de 2009 mudou sua perspectiva da vida e falou sobre os conteúdos que tem produzido para seu canal no YouTube

Com a paracanoagem, Fernando já foi tetracampeão mundial entre 2009 e 2012. Ele diz que busca leveza, apesar das dificuldades do dia a dia. Questionado sobre o motivo da decisão de criar um canal de conteúdo, ele explica: "Já tem um tempo que quero compartilhar minhas vivências e dia a dia com as pessoas em um espaço só para isso. Quero poder levar um olhar diferente das experiências que vivo, um olhar mais leve, mostrando para as pessoas que, apesar das dificuldades, a caminhada pode ser mais divertida, alegre, mesmo com os espinhos da vida."

O atleta conta que pretende mostrar parte de experiências e aventuras que vive, além de viagens, culturas, trocas com diversas pessoas e paisagens encontradas pelo caminho: "Pretendo levar um conteúdo mais leve, alegre e mostrar que, mesmo nas dificuldades, podemos escolher um caminho com mais leveza. Teremos vários quadros, com episódios semanais, muita coisa que preparamos com muito carinho e com a paixão que encaro tudo na minha vida". Fernando ainda comentou sobre quando surgiu sua paixão por esportes, que é uma coisa que mais ama na vida.

"Sempre foi assim, mas não enxergava além. Queria viver do esporte, mas não conseguia. O acidente mudou a minha perspectiva da vida e entendi que o esporte poderia ser um meio para realizar tudo que quisesse, em todos os aspectos da minha vida". Perguntado sobre os principais aprendizados e superações que enfrenta na rotina, ele garante que são diversas dificuldades, mas que não costuma focar nelas: "Foco no que desejo para mim naquele momento, no que quero carregar comigo pra vida, que é poder realizar, colaborar com meu entorno e poder mostrar que o 'extraordinário' é o simples e que a felicidade está na dor e na delícia do nosso dia a dia, na caminhada", comentou o atleta.

O atleta revelou receber mensagens e histórias de pessoas que superaram suas próprias dificuldades se inspirando nele e que não as vê como um fardo: "Não vejo como fardo, mas como uma responsabilidade. Acredito muito no ser humano como potência. Somos todos potências, capazes de realizar tudo o que quisermos. É mais que superação, é como encaramos a vida, a nossa caminhada, gosto de me ver e ver as pessoas como potência."

Comentários