FAMOSOS

Apresentador do SBT fala sobre andropausa: “Quase arruinou meu casamento”

Israel Cassol, apresentador do SBT, falou abertamente sobre a andropausa em entrevista

Israel Cassol falou abertamente sobre a andropausa - Foto: Reprodução / Instagram
Israel Cassol falou abertamente sobre a andropausa - Foto: Reprodução / Instagram

Redação Publicado em 26/10/2021, às 04h40

Para marcar o Mês de Conscientização da Menopausa, o influenciador e apresentador do SBT, Israel Cassol, destacou as desvantagens de fazer 40 anos. Após um súbito surto de depressão, mudanças de humor e grave falta de libido, Israel foi recentemente diagnosticado com menopausa masculina, algo que ele sente que não é suficientemente reconhecido nos homens como nas mulheres.

Israel, ou ‘The Birkin Boy’, como seus seguidores on-line o conhecem, comemorou o marco no início deste ano, cercado por amigos e familiares em Londres. O grande aniversário marcou uma época comovente na vida de Israel, tendo finalmente encontrado o emprego dos seus sonhos e alcançado seus objetivos de saúde.

O que Israel pensava que seria o início de alguns de seus melhores anos rapidamente mudou, pois ele logo se viu em um lugar sombrio de depressão, algo que ele diz ter "vindo sobre ele como uma onda".

Lembro-me de estar nas nuvens após meu aniversário de 40 anos, é uma idade que acho que todos tememos um pouco, mas à medida que se aproximava, comecei a ficar animado com o marco. Para mim, tratava-se de comemorar tudo o que eu conquistei até meus 40 anos e eu queria compartilhar este momento especial cercado por meus amigos e familiares.

Ele prossegue: “Depois que as comemorações acabaram, comecei a sentir uma sensação de tristeza. Atribuí isso ao fim das comemorações, mas com o passar das semanas, o sentimento piorou”.

Com o passar dos meses, Israel começou a notar mais sintomas em si mesmo, os quais ele não tinha ideia de como interpretar. Ele começou a sentir perda de libido, disfunção erétil, dificuldade para dormir, aumento do cansaço, falta geral de energia e entusiasmo por coisas que antes apreciava, falta de concentração e perda de memória de curto prazo.

Confuso sobre o que estava acontecendo com ele e seu corpo, Israel estava convencido de que era assim que todos começavam a se sentir assim que completavam 40 anos. O casamento de Israel rapidamente começou a sofrer como resultado, devido à sua falta de desejo sexual e prazer nas atividades diárias.

Achei que talvez estivesse cansado com meu parceiro e quisesse ficar com outras pessoas, não conseguia acreditar no quão pouco interesse eu tinha em ser íntimo e carinhoso com meu marido, não era nada como eu, geralmente sou uma pessoa do tipo manhã, dia e noite!

Acreditando que havia perdido todo o desejo sexual por seu parceiro, Israel se voltou para aplicativos de namoro para ver se alguém novo que o traria de volta a si mesmo, algo que ele lamenta ter feito.

Depois de não conseguir descobrir o problema, Israel decidiu se submeter a testes para ver se seus sintomas eram o resultado de um problema médico latente. O que Israel descobriu o chocou: ele foi diagnosticado com os estágios iniciais da ‘andropausa’, mais conhecida como menopausa masculina, algo que ele não sabia que existia até agora.

Eu não conseguia acreditar no que estava ouvindo, pensei que a menopausa era algo que só as mulheres passavam, nunca soube que poderia afetar tanto os homens", frisa. “Eu estava com sobrepeso, cansado e havia perdido todo o desejo sexual, o que fez todo sentido quando os médicos me disseram a possibilidade de eu estar passando pela andropausa.

Depois de ser diagnosticado, Israel recebeu prescrições de cremes hormonais e comprimidos orais para tomar, assim como as mulheres são prescritas para a menopausa feminina, algo que ele continua a fazer agora. Ao falar em sua plataforma social, Israel tomou a corajosa decisão de compartilhar com seus mais de 500.000 seguidores o que estava experimentando, algo que ele admite exigir muita coragem.

“Eu usei minhas redes sociais para saber o quão comum esse sentimento era entre meus seguidores do sexo masculino. Sendo um influenciador com uma grande plataforma, eu estava hesitante em compartilhar detalhes íntimos da minha vida, mas precisava saber se esse era um problema que outras pessoas estavam enfrentando. Não pude acreditar na resposta que recebi de homens descrevendo sintomas semelhantes aos quais eu havia tido”, destaca.

Ele continua: “Sendo um homem, a sociedade nos obriga a apenas superar esses obstáculos e se sentir derrotado se sua masculinidade não estiver fazendo o que deveria. Precisamos quebrar esse estigma e fazer mais homens falarem, não deveria ser motivo de vergonha”.

Embora não seja tão reconhecida em homens quanto em mulheres, a menopausa masculina é predominante. A diferença é que a menopausa nas mulheres ocorre rapidamente em comparação, enquanto o fenômeno semelhante à menopausa entre os homens é um processo relativamente mais lento.

Ainda um tabu, muitos argumentam que o tópico da menopausa masculina é discutível, já que as mulheres na menopausa param de produzir óvulos, enquanto os homens podem continuar produzindo mesmo depois dos 80 anos.

Comentários