Cenapop
FAMOSOS

Maitê Proença: “Era para estar paraplégica, tenho dores lancinantes no corpo inteiro”

Maitê Proença lembrou tragédias familiares durante sua participação no program Provocações
Maitê Proença lembrou tragédias familiares durante sua participação no program Provocações - Foto: Reprodução/ Instagram

Redação Publicado em 03/07/2019, às 20h29 - Atualizado às 20h32

Convidada do Provocações, programa comandado por Marcelo Tas na TV Cultura, Maitê Proença abriu o jogo e lembrou a sequência de tragédias familiares que marcaram sua vida.

No bate papo, a atriz de 61 anos não fugiu de nenhum assunto, e falou sobre a mãe assassinada pelo pai, que algum tempo depois se suicidou, e da morte do irmão.

“O Zuza [irmão de Maitê] tinha o sonho de ser jogador de futebol. Depois de três meses que meu pai se matou, ele se matou também”, recordou ela.

Para superar as perdas, Maitê contou que apenas decidiu seguir em frente:

“É temperamento. Ou você se ‘emburaca’ e fica ali, sentindo pena de si, achando que o mundo foi injusto com você ou, então, você vê que o mundo é injusto com todo mundo mesmo. O acúmulo de pequenas tragédias diárias também é uma barra pesada, vai massacrando as pessoas. Ou você tem um negócio que te impulsiona pra frente ou não”, simplificou.

Maitê Proença lembrou tragédias familiares durante sua participação no program Provocações – Foto: Reprodução/ Instagram

“Tenho horror à tristeza porque a conheço profundamente. Ela vem porque não tem jeito. Eu vou lá, chafurdo lá embaixo e saio dela [tristeza] rapidamente”, continuou.

Ao falar sobre o sentido da vida, Maitê garantiu que não faz questão de saber:

“A gente não sabe o que a gente está fazendo aqui, não sabe pra que a gente está aqui… Porque a vida dura 100 anos para um, 20 minutos para outro… É um grande mistério. Acho legal a gente não saber. Meus pais eram ateus convictos. É legal descobrir Deus quando você não tem Deus do que quando você está costumado com Ele desde pequenininho”, opinou.

“Era para estar paraplégica, tenho dores lancinantes no corpo inteiro”

Na entrevista, a atriz revelou ainda que já quebrou vários ossos do corpo, incluindo coluna vertebral, fêmur e joelho:

“Quebrei a coluna vertebral em 7 lugares, fiz fissuras sérias. Era para ser paraplégica, só não sou porque Deus não quis – quebrei o fêmur, o joelho… Fiquei de cadeira de rodas, fiquei um ano aleijada. Acho que tentei me matar e fui muito incompetente, então estou viva. Virei uma pessoa com dores lancinantes, tenho dores em todas as minhas juntas, em tudo o que é lugar. Agora virei amiga do meu corpo e estou eliminando as dores do meu corpo com meditação”, disse.

Veja abaixo.

LEIA MAIS

Burlamaqui posa para ensaio e lembra Playboy
Burlamaqui consegue grana para tratar cão ferido
Após burburinho, Maísa Silva desmente noivado
Yasmim Brunet posa nua em cenário paradisíaco
Melanie Griffith malha pesado e surpreende
Termina o casamento de Valéria Valenssa

Veja mais notícias de Famosos.

Comentários