FAMOSOS

Sabrina Parlatore lembra parte mais difícil da luta contra o câncer de mama: “Eu morri e voltei a nascer”

Sabrina Parlatore lembrou a luta contra o câncer de mama - Foto: Reprodução/ YouTube Entrevistada pela youtuber Júlia Faria, Sabrina Parlatore lembrou a parte

Sabrina Parlatore lembrou a luta contra o câncer de mama - Foto: Reprodução/ YouTube
Sabrina Parlatore lembrou a luta contra o câncer de mama - Foto: Reprodução/ YouTube

Redação Publicado em 06/10/2018, às 12h24

Entrevistada pela youtuber Júlia Faria, Sabrina Parlatore lembrou a parte mais difícil da luta contra o câncer de mama.

No vídeo (abaixo), a apresentadora revelou que descobriu a doença em maio de 2015, por acaso:

“Eu estava assistindo TV e quando cocei o meu peito, senti um caroço, fiquei superpreocupada, toquei e tal, e vi que era uma bolinha. Corri no médico no dia seguinte e fui fazer todos os exames, esse caroço já tinha aparecido nos meus exames de rotina, que eu já fazia desde os 35 anos, mas o médico não deu muita atenção a ele, apesar do laboratório ter indicado uma biópsia desse nódulo. É legal sempre pedir uma segunda opinião, sempre falo isso. Eu deixei passar e quase um ano depois foi que aconteceu isso. Fui fazer biópsia, e deu câncer de mama”, contou.

No bate-papo, Sabrina contou para a apresentadora que o mais difícil do tratamento foi passar pelas 16 sessões de quimioterapia:

Sabrina Parlatore lembrou a luta contra o câncer de mama – Foto: Reprodução/ YouTube

O tratamento, considerado pesado pela própria apresentadora, a deixou fragilizada a um ponto de não conseguir respirar direito:

“No final do tratamento eu estava um caco, não conseguia nem respirar direito, uma coisa violenta, eu achava que ia morrer do tratamento”, continuou.

No programa, Sabrina ainda fala sobre a touca de resfriamento que usou para diminuir a queda de cabelo:

“Você coloca essa touca na hora da quimio e com isso a droga não consegue atingir o bulbo capilar, mesmo assim eu perdi 30,40% dos fios”, revelou.

Comentários