CARNAVAL

Ex-Mulher Abacaxi põe volta ao Carnaval em dúvida por causa da Covid: “Saúde em 1º lugar”

Marcela Porto é madrinha de Escola de Samba Unidos da Ponte

Marcela Porto contou que ainda não sabe se vai desfilar no carnaval - Foto: Samuel Rodrigues
Marcela Porto contou que ainda não sabe se vai desfilar no carnaval - Foto: Samuel Rodrigues

Redação Publicado em 12/01/2022, às 15h11

Madrinha da Escola de Samba Unidos da Ponte, Marcela Porto, a eterna Mulher Abacaxi, contou que está em dúvida sobre fazer sua volta à avenida este ano por conta da nova onda de casos de Covid-19.

“Estou com medo de desfilar com essa nova onda de Covid-19 e Influenza. Amo carnaval. É a maior festa da terra, movimenta o turismo e a economia. Além disso, é uma cultura que vem do povo. Porém saúde em primeiro lugar claro”, explicou.

Dona de uma empresa de transportes, ela contou que está esperando para ver se haverá segurança na avenida para decidir se segue com o plano de desfilar.

“Vamos ver como será o controle. Se houver segurança, eu desfilo. Sou contra cancelar apenas o carnaval, temos que [ver se vão cancelar] os cultos das igrejas, centros espíritas, shows, futebol, boates, bares e outros lugares que tem aglomeração. Caso cancele só o carnaval, será perseguição com uma cultura do povo, algo político”, opinou.

Comentários