Cenapop
NETFLIX

Trese: veja a crítica da nova série de animação adulta da Netflix

Produção baseada em HQ estreou nesta sexta-feira (11/06)

Cena de Trese, nova série de animação da Netflix
Cena de Trese, nova série de animação da Netflix - Foto: Reprodução / Netflix

Redação Publicado em 11/06/2021, às 15h29

A Netflix estreou em seu catálogo uma nova série animada para adultos chamada Trese. A história é baseada em uma premiada HQ filipina, que se mostra muito bem adaptada para a mídia audiovisual. A história é intrigante e prende a atenção de forma que não dá para parar de assistir até chegar ao final.

O enredo de Trese é o seguinte: a detetive sobrenatural Alexandra Trese trabalha para combater os perigos no submundo de Manila, capital das Filipinas. Ela entende do assunto por ter ligações importantes com criaturas que não pertencem a esse mundo, e acaba se tornando uma expert nesse tipo de combate.

No entanto, alguns crimes violentos começam a aparecer na cidade e desconfia-se de que tenham sido feitos por entidades sobrenaturais. Trese então é chamada para tentar resolver o caso para a polícia local, mas a cada nova descoberta, situações bizarras e tensas começam a acontecer em todos os cantos de Manila.

A primeira coisa a destacar em Trese é a absoluta competência da produção em misturar lendas e entidades antigas com um mundo tecnológico, moderno, onde toda a ação se passa. A HQ criada por Budjette Tan e Kajo Baldisimo já havia mostrado essa situação com grande sucesso, e a essência é transportada para a animação.

É notório o cuidado que os roteiristas de Trese tiveram em não desrespeitar a história local ao trazê-las para o mundo atual. Esse é um ponto-chave no sucesso da série, já que em nenhum momento o espectador estranha ou duvida das situações que são mostradas, uma após a outra, e que se fossem colocadas sem contexto poderiam cair no terreno da galhofa. Veja a crítica no vídeo acima.

Comentários