NETFLIX

Rebelde, da Netflix, acerta no tom leve, mas erra no elenco: confira a crítica da série

A nova versão de Rebelde, agora pelas mãos da Netflix, chegou ao catálogo nesta quarta (04/01)

Rebelde ganha uma versão mais enxuta pelas mãos da Netflix - Foto: Reprodução / Netflix
Rebelde ganha uma versão mais enxuta pelas mãos da Netflix - Foto: Reprodução / Netflix

Redação Publicado em 05/01/2022, às 13h54

Rebelde, a versão espanhola da Netflix estreou nesta quarta (04/01). Fãs da versão anterior, feita no México e grande sucesso na América Latina, estavam incomodados com os trailers lançados até o momento, pois não viram "fidelidade" ao material com o qual estavam acostumados.

É normal: quando uma obra tem muitos fãs, os "puristas" se recusam a ver uma nova encarnação da mesma história. Acontece que a versão da Netflix para a novela originalmente argentina procura ser reverente com o passado, em simultâneo, em que tenta atualizar algumas temáticas que não foram tão bem abordadas anteriormente.

Nesse quesito, o novo Rebelde acaba se dando bem: há uma preocupação evidente em ser mais plural, dar maior representatividade para o elenco e colocar temas mais importantes e atuais no enredo. Como era de se esperar, o visual também é repaginado e está mais de acordo com o que é vigente nos dias de hoje. Mas há uma falha capital: a falta de carisma dos atores. Veja a crítica completa no vídeo.

Comentários