Cenapop
NETFLIX

Por Que Você Me Matou?: Mãe busca assassinos da filha no MySpace em documentário

A história de Belinda Lane virou documentário do Netflix

Belinda Lane em cena do documentário "Por Que Você Me Matou?", exibido na Netflix
Belinda Lane em cena do documentário "Por Que Você Me Matou?", exibido na Netflix - Foto: Reprodução / Netflix

Redação Publicado em 15/04/2021, às 04h00

Estreou na Netflix nesta quarta-feira (14/04) o documentário Por Que Você Me Matou?, que traz a história de uma mãe obstinada em descobrir quem foram os assassinos de sua filha, que morreu baleada em 2006 em uma cidade da Califórnia, Estados Unidos.

A produção remonta toda a busca de Belinda Lane, mãe da jovem Cyrstal Theobald, pelos responsáveis pelos tiros que tiraram a vida da garota, que tinha apenas 24 anos na época. A forma como ela procurou ajudar a polícia a desvendar o crime foi, de certa forma, inovadora: Belinda se utilizou do MySpace, uma rede social popular nos anos 2010.

O documentário é uma das grandes estreias da semana na Netflix ㅡ nós já assistimos e publicamos uma crítica no vídeo abaixo, em que fazemos a análise da produção que já se encontra disponível na plataforma.

Logo abaixo, entregamos um resumo de toda a história de Belinda Lane em busca de justiça para a sua filha. Lembrando que, a partir de agora, há spoilers a respeito da história contada no documentário, então se não quiser saber o que acontece no final do filme, assista e leia mais tarde.

O começo de tudo

Cystal foi baleada em 24 de fevereiro de 2006, dentro de um carro onde estava com seu namorado, irmão e mãe. O veículo foi alvejado por uma gangue na cidade de Arlanza, que fica na Califórnia, Estados Unidos.

Acontece que Crystal não tinha relação alguma com gangues de qualquer tipo. A forma como aconteceu o assassinato indicava que seria uma espécie de vingança, com a qual a jovem parecia não ter nada a ver. Ela levou um tiro na cabeça e morreu na hora.

Pouco tempo depois de se recuperar da morte da filha, Belinda Lane resolveu buscar a verdade sobre o que aconteceu com Crystal. Segundo uma entrevista dada na época, ela prometeu à filha buscar respostas sobre o que houve. "Eu te prometo que mesmo se tirar meu último respiro, eu vou pegá-los. Eu te prometo, você vai ter justiça", afirmou ela no velório da jovem.

"Poderia procurar a vinda interia"

Belinda estava no carro quando sua filha levou o tiro fatal, o que tornou a revisitação do crime um ato doloroso, mas necessário para cumprir a sua promessa. Ela, então, teve a ideia de usar a rede social que era febre no momento: o MySpace, uma espécie de "pré-Facebook".

Contando com ajuda de outras pessoas, Belinda conseguiu criar um perfil "fake" no MySpace e conseguiu contato com membros da gangue que mataram Crystal. De posse das informações que conseguiu, ela foi até a polícia fazer a denúncia.

Foi pela rede social que Belinda chegou a William Sotelo, um dos principais acusados pelo crime ㅡ era ele quem dirigia o carro que levava os criminosos que atiraram em Crystal. Ele foi o último membro da gangue capturado pela polícia, depois de ter fugido para o México.

Ele foi preso, e no dia 23 de janeiro de 2020, foi condenado a 22 anos de prisão pela participação no assassinato de Crystal Theobald. A polícia elogiou o trabalho e a obstinação de Belinda: "Ela foi muito útil, trabalhando nas redes sociais para nos ajudar a identificar onde ele poderia estar. Ela forneceu informações importantes que nos ajudaram na captura de Sotelo", disse um policial em entrevista a uma TV norte-americana.

Comentários