Cenapop
NETFLIX

Amor e Monstros (Netflix, 2021): Veja a crítica do filme com Dylan O' Brien

Comédia de humor negro tem pitadas de drama e romance

Dylan O' Brien em cena de "Amor e Monstros", novo filme da Netflix
Dylan O' Brien em cena de "Amor e Monstros", novo filme da Netflix - Foto: Reprodução / Netflix

Redação Publicado em 14/04/2021, às 16h45

O "Amor e Monstros", estrelado por Dylan O' Brien (de "Maze Runner"), estreou no catálogo da Netflix nesta quarta-feira (14/04). Trata-se de uma comédia de humor negro que promete empolgar os assinantes do serviço de streaming.

A história se passa após a destruição de um asteróide que se dirige para a Terra. A precipitação química faz com que todos os animais de sangue frio se transformem em grandes monstros e matem a maior parte da humanidade. 

Durante a evacuação da cidade de Fairfield, Joel Dawson (O' Brien) é separado de sua namorada Aimee (Jessica Henwick), mas promete encontrá-la. No entanto seus pais são mortos por um dos enormes insetos que agora dominam a Terra.

Sete anos se passam, e Joel vive em um dos muitos bunkers subterrâneos chamados de "colônias", onde outros sobreviventes. Exceto ele, os rapazes já se uniram romanticamente enquanto lutavam contra monstros e procuravam suprimentos. Em vez disso, Joel é deixado para trás na cozinha, pois é famoso por congelar em situações perigosas. No entanto, ele parte em uma missão para se reunir com Aimee para que ele não fique sozinho.

O filme está no Oscar 2021, indicado ao prêmio de Efeitos Visuais, além de ter sido muito elogiado pela crítica especializada. Veja a análise abaixo:

Comentários