FAMOSOS

Virgil Abloh, diretor criativo da Louis Vuitton e dono da Off-White, morre aos 41 anos

Virgil Abloh lutava secretamente contra um câncer e morreu neste domingo (28/11)

Virgil Abloh teve diagnóstico de câncer raro em 2019, mas manteve em segredo - Foto: Reprodução / Instagram
Virgil Abloh teve diagnóstico de câncer raro em 2019, mas manteve em segredo - Foto: Reprodução / Instagram

Redação Publicado em 28/11/2021, às 16h25

Virgil Abloh, diretor criativo de moda masculina da Louis Vuitton e dono da Off-White, morreu neste domingo (28/11). Ele tinha 41 anos, e lutou contra um câncer diagnosticado há dois anos, mas que ele preferiu manter em segredo.

A notícia do falecimento foi dada no perfil oficial da Louis Vuitton no Instagram. "LVMH, Louis Vuitton e Off White estão arrasados ao anunciar o falecimento de Virgil Abloh, no domingo, 28 de novembro, de câncer, contra o qual ele vinha lutando em particular há vários anos", começou o texto.

"Bernard Arnault, CEO da LVMH, disse: 'Estamos todos chocados com esta notícia terrível. Virgil não era apenas um gênio do design e um visionário, ele também era um homem com uma bela alma e grande sabedoria. A família LVMH junta-se a mim neste momento de grande tristeza e todos pensamos nos seus entes queridos com o falecimento do marido, pai, irmão, filho e amigo"', prosseguiu.

Na página do próprio Virgil no Instagram, um comunicado emitido por sua equipe informou a morte: "Estamos arrasados ​​em anunciar o falecimento de nosso amado Virgil Abloh, um pai, marido, filho, irmão e amigo fervorosamente devotado. Ele deixa sua amada esposa Shannon Abloh, seus filhos Lowe Abloh e Gray Abloh, sua irmã Edwina Abloh, seus pais Nee e Eunice Abloh, e vários amigos e colegas queridos".

Por mais de dois anos, Virgil lutou bravamente contra uma forma rara e agressiva de câncer, o angiossarcoma cardíaco. Ele optou por enfrentar sua batalha em particular desde seu diagnóstico em 2019, passando por vários tratamentos desafiadores, enquanto dirigia várias instituições importantes que abrangem moda, arte e cultura.

"Por tudo isso, sua ética de trabalho, infinita curiosidade e otimismo nunca vacilaram. Virgil foi impulsionado por sua dedicação ao seu ofício e à sua missão de abrir portas para os outros e criar caminhos para uma maior igualdade na arte e no design. Ele costumava dizer: “Tudo o que faço é pela versão de mim mesmo aos 17 anos”, acreditando profundamente no poder da arte para inspirar as gerações futuras", disse ainda a postagem.

Por fim, agradeceu as condolências do público: "Agradecemos a todos por seu amor e apoio, e pedimos privacidade enquanto lamentamos e celebramos a vida de Virgil".

Virgil era formado em engenharia e arquitetura, e foi um dos responsáveis pela popularização da fusão entre street wear e high-end. Com isso, tornou-se um dos maiores nomes das passarelas nos últimos anos. A ele é atribuída a liderança do movimento a favor da democratização dos códigos de luxo.

Ainda não há informações sobre velório e enterro de Virgil Abloh.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por @virgilabloh

Comentários