Cenapop
FAMOSOS

Seth Rogen explica briga com senador republicano nas redes sociais: "Ele é um homem terrível"

Ator tem discussões frequentes com senador norte-americano Ted Cruz, apoiador de Trump

Seth Rogen tem discussões acaloradas com Ted Cruz pelo Twitter
Seth Rogen tem discussões acaloradas com Ted Cruz pelo Twitter - Foto: Reprodução / Instagram

Redação Publicado em 14/05/2021, às 13h03

Seth Rogen tem discussões frequentes com o senador norte-americano Ted Cruz, que representa o Texas e é apoiador ferrenho das políticas e opiniões do ex-presidente Donald Trump. No entanto, ele garantiu que, em sua visão, não se trata de uma rixa.

"A disputa implica igualdade de condições", disse o ator em entrevista ao programa de Stephen Colbert na CBS dos Estados Unidos.

Ele prosseguiu: "Se alguém está tentando matar alguém com um taco de beisebol e alguém grita para essa pessoa parar, isso é uma rixa entre o portador do taco de beisebol e a pessoa que grita com o portador do taco de beisebol? Não sei se isso é uma rixa. Uma rixa implica duas pessoas se batendo com tacos de beisebol".

O problema entre o artista e o político conservador começaram em janeiro, quando Cruz criticou no Twitter a decisão do presidente democrata Joe Biden de voltar ao Acordo Climático de Paris, que Trump havia abandonado.

Em resposta, Rogen escreveu: "Fod*-se, seu fascista". Os dois então começaram um embate que passou por questões políticas, como a invasão do Capitólio, até aquelas mais triviais, como uma discussão sobre o filme "Fantasia", da Disney.

"Isso não é uma contenda do Twitter. Ted Cruz tentou derrubar nosso governo. Ele inspirou uma multidão mortal a invadir o Capitólio. E eu acho que isso merece ser ridicularizado. Então fod*-se ele", escreveu o ator em 24 de janeiro.

Em outro tweet, ele acrescentou, marcando o senador. "Suas mentiras mataram pessoas. Você tem sangue nas mãos".

 

"Ele nega a realidade da eleição", diz Rogen

Na conversa com Colbert, Rogen reafirmou sua posição. "Ted Cruz é um fascista. Ele nega a realidade da eleição. Suas palavras causaram a morte de pessoas e estou fazendo piadas sobre isso. Isso é uma rixa? Não sei. Para mim, parece que estou apontando o fato de que ele é um homem terrível cujas palavras resultaram em morte".

Rogen continuou, explicando que há uma espécie de "falsa equivalência" política que causa problemas maiores no país.

“Acho que até eu usaria o termo 'entre a direita e a esquerda', o que faz parecer dois apêndices da mesma criatura, o que não acho que seja. Acho que um é uma criatura e o outro está apenas tentando impedir que ela destrua o país".

Rogen também revelou que pessoas de seu convívio compartilham os pensamentos de Ted Cruz -- e, consequentemente, de Trump, e que as tentativas de interagir com elas desde o ano passado foram classificadas como "horríveis".

“E, na verdade, eu senti que não havia nada que eu pudesse transmitir que reenquadraria a realidade dessa pessoa como ela a vi. Então não, não acho que ser legal com o Ted Cruz (é o certo). Não acho que seria uma coisa positiva para o mundo. Seria bom para ele", frisou.

Comentários