FAMOSOS

Sammy Lee fala sobre Pyong após reconciliação: "É como se ele fosse uma nova pessoa"

Sammy chegou a anunciar o fim do casamento com o ex-BBB após polêmica em Ilha Record

Sammy e Pyong são pais de Jake, de 1 ano e 9 meses e estavam separados desde julho - Reprodução / Instagram
Sammy e Pyong são pais de Jake, de 1 ano e 9 meses e estavam separados desde julho - Reprodução / Instagram

Redação Publicado em 25/11/2021, às 08h11

Sammy Lee comentou sua reconciliação com Pyong Lee e falou sobre a nova fase de seu relacionamento, afirmando que o influenciador passou por uma transformação. 

Sammy e Pyong terminaram o relacionamento após a participação do influenciador no reality Ilha Record, em razão de seu comportamento polêmico, além de especulação de traições nas redes sociais. Atualmente, ela afirma que eles vivem um novo momento:

"Essa fase nova do nosso relacionamento, respeitando o espaço um do outro, está sendo ótima. A gente sente saudades. Sente aquele friozinho na barriga, como se fosse o começo. Estamos já há uma semana longe um do outro e morrendo de saudade. Realmente, eu vejo a mudança dele, a transformação. É como se fosse uma nova pessoa mesmo. Hoje em dia, vejo tudo como um aprendizado", disse a influenciadora à coluna de Patrícia Kogut, do jornal O Globo.

"Quando a gente passa por momentos muito intensos, sejam positivos ou negativos, não consegue enxergar o verdadeiro propósito deles. O tempo vai passando, e a gente consegue perceber melhor os erros, acertos e aprendizados". Sammy afirmou ter recebido mensagens de apoio e de críticas ao revelar a reconciliação nas redes sociais. "As pessoas vivem no mundo com as suas próprias percepções. Quando elas analisam um fato, analisam com a carga delas, a partir de suas próprias experiências. É natural que sintam a necessidade de expor a opinião delas, e está tudo bem."

"Eu aprendi com o tempo, vivendo o mundo da internet, que algumas pessoas não sabem se expressar de forma correta, mas é uma decisão minha absorver ou não. Eu aprendi a não absorver", contou. Ela também falou sobre não descartar a possibilidade de ter mais filhos com Pyong. "Se fosse depender do Pyong, a gente teria pelo menos mais quatro filhos. Depois que eu tive o Jake, eu aprendi que a maternidade tem muito mais do que nos é ensinado."

"São muitas camadas que a gente só conhece quando vive na prática. Eu tenho vontade, sim, de dar um irmão ou irmã para o Jake, mas acredito que não quatro. Talvez mais um e, depois dele, talvez outro", finalizou.

Comentários