Cenapop
FAMOSOS

Rodrigo Simas sobre cenas de beijo em Salve-se Quem Puder na pandemia: "Tive ataque de riso"

Ator contou que ficou nervoso e estressado ao gravar sequências românticas

Rodrigo entrou na segunda temporada de "Salve-se Quem Puder", que precisou ser paralisada
Rodrigo entrou na segunda temporada de "Salve-se Quem Puder", que precisou ser paralisada - Foto: Reprodução / Instagram @simasrodrigo

Redação Publicado em 23/06/2021, às 08h09

O ator Rodrigo Simas revelou, em conversa com a revista Quem, sobre gravar cenas de beijo em "Salve-se Quem Puder", durante a pandemia, e contou que estava ao lado do irmão caçula, Felipe Simas, quando recebeu a proposta para participar da novela. 

Rodrigo afirma que o beijo técnico com os novos protocolos por conta da Covid-19 não foi fácil: "Fiquei nervoso com aquilo. É muito ruim de fazer. Fiquei muito estressado porque não depende só da gente, tem o posicionamento do acrílico, o olho fechar na hora errada. Me dava ataque de riso. Foi difícil, viu?". Ao ser questionado sobre aliviar a saudade de trabalhar com o irmão na TV, ele diz:

"Acho que a gente só teve um gostinho do que é trabalhar junto. Porque só contracenamos relativamente pouco, só na reta final da novela. Foi uma parceria interessante e espero ter a oportunidade de contracenar com ele mais vezes". Na trama, ele também contracena com Juliana Paiva, com quem fez par romântico em "Malhação: Intensa como a Vida" (2012): "Com a Ju, tenho uma parceria desde 2012. Quando soube que contracenaria com ela, fiquei muito tranquilo. A gente tem muita troca e isso faz diferença no resultado para o que trabalho possa ser leve."

Ele prosseguiu: "Luna e Alejandro foram criados juntos. Pelo fato de já ter trabalhado com a Ju, a gente já tinha uma memória afetiva. Isso facilitou para a intimidade do passado de Luna e Alejandro. Fez toda a diferença para a história. Foi bem divertido e acho que será bem gostoso de assistir". Rodrigo também conta como foram as gravações com os novos protocolos por conta da pandemia: "É bem esquisito, confesso. A nossa profissão tem um lugar social, de troca. Nos bastidores, a gente conversa sobre a vida, sobre a cena e isso sempre acrescenta."

"No meu primeiro dia de estúdio, fiquei meio sem entender onde eu estava, quem eu era e quem estava na minha frente, mas tentei usar isso a meu favor. Afinal, o Alejandro, meu personagem, veio de fora e no fazia parte da história prévia. Fiquei um pouco nervoso no início, com aquela sensação de ter caído de paraquedas. Quando encontrei a Ju em cena, deu tudo certo", completou.

Na última semana, Rodrigo deixou os seguidores de queixo caído ao compartilhar, nas redes sociais, registros de um ensaio fotográfico em que aparece usando cropped, famosa blusa curta, muito usada durante os anos 80 e 90.

Comentários