FAMOSOS

Rodrigo Pandolfo comenta sucesso de casal gay em Verdades Secretas 2: "Feedback tem sido ótimo"

Rodrigo Pandolfo interpreta traficante que protagoniza cenas sensuais com João Vitor Silva

Ator ganhou popularidade ao estrelar na trilogia de Minha Mãe é Uma Peça - Reprodução / TV Globo
Ator ganhou popularidade ao estrelar na trilogia de Minha Mãe é Uma Peça - Reprodução / TV Globo

Redação Publicado em 06/12/2021, às 08h53

Intérprete de Benji em Verdades Secretas, Rodrigo Pandolfo comentou sobre o sucesso de casal gay na trama, no qual protagoniza par romântico com João Vitor Silva. À Quem, Rodrigo afirmou que fica feliz com o retorno do público quanto à série.  

O ator celebrou o impacto das cenas sensuais protagonizada pelos dois: "O João Vitor foi um parceiro de cena incrível, nos conectamos muito rapidamente. Já no primeiro ensaio conseguimos quebrar qualquer barreira que pudesse ser um empecilho e partimos para um jogo limpo, claro, respeitoso, em que a confiança e a amizade sempre estiveram presentes do início ao fim". 

Ele ainda diz que foi importante poder normalizar o romance de um casal gay: "A união homoafetiva não é novidade para ninguém. Sempre existiu desde os primórdios da humanidade. O que acontece é que ela foi castrada e abominada pelas instituições religiosas de forma cruel, injusta e insana. Hoje, algumas dessas instituições reconhecem o tamanho do erro, mas crescemos com uma educação tão machista que nem mesmo conseguimos entender a dimensão do estrago na vida de milhares de pessoas que continuam não conseguindo viver a sua liberdade."

Pandolfo prosseguiu: "E não há nada mais triste do que enterrar a nossa verdade. É desumano. Esse juízo de valor foi um dos maiores pecados da humanidade. Assim como o racismo. O preconceito jamais deveria ter sido uma questão humana". O artista também relata a felicidade em relação ao retorno do público por conta do casal. "Os caras se pegam e o feedback tem sido ótimo. Não tem absolutamente nenhuma questão negativa quanto a isso. Ou essa situação já está sendo normalizada para todo mundo ou o meu mundo está bem melhor que o mundo de todo mundo."

"Acredito que somos habitados pelas polaridades feminina e masculina e que nosso desejo age conforme o desequilíbrio natural dessas forças. E esse equilíbrio/desequilíbrio é mutável. Ou seja, rótulo é uma farsa. Há muito tempo eu abri algumas perspectivas e me libertei do julgamento alheio em relação à sexualidade", finalizou o ator. 

Comentários