Cenapop
FAMOSOS

Atriz e DJ Monaliny Soares presta queixa na polícia contra rapper: "Fui humilhada"

Ela garante já ter tomado as providências contra o rapper Dfideliz

Monaliny Soares acusa o rapper Dfideliz de injúria
Monaliny Soares acusa o rapper Dfideliz de injúria - Foto: Reprodução / Instagram

Redação Publicado em 24/06/2021, às 14h21

Ex-atriz das pegadinhas da RedeTV! e agora DJ, Monaliny Soares procurou a polícia para denunciar o rapper Dfideliz, com quem se relacionou por três meses.

Autor do feat Tá com Papato, ao lado de Anitta e o produtor Papatinho, ele é acusado de injúria. O boletim de ocorrência foi registrado no 1º. Distrito Policial de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo.

Monaliny conta que a confusão começou em uma balada horas antes de procurar a polícia. Depois de discutir com a atriz e DJ por ciúmes, ele passou a agredi-la verbalmente. Em seu depoimento, ela conta que já estava desconfiada do temperamento explosivo do rapaz. Inclusive forneceu à polícia uma mensagem de ameaça.

“Tivemos um relacionamento de três meses, nesse tempo tivemos algumas discussões leves, do dia a dia mesmo, nada exagerado ou sério. De repente ele mostrou um lado sombrio. Fui humilhada, quero justiça e não vou me calar. Ele me ameaçou dizendo: está achando que está mexendo com o Jão? Então, está bom! Você vai ver. Ele não vai me calar, nem me diminuir”, garante.

Depois de tomar conhecimento da queixa de injúria, o rapper teria derrubado o perfil de Monaliny no Instagram. Tudo porque a atriz e DJ estava compartilhando mensagens de ameaça e comentando o caso. “Ele quis me censurar, mas felizmente consegui reativar meu perfil e estou de volta. Ele precisa parar, nunca fui vítima de violência doméstica. Tudo isso me deixou mal, com um trauma enorme”.

Monaliny ainda revela que outras mulheres a procuraram dizendo que já tinha passado por situações semelhantes com ele. “Recebi mensagens nas redes sociais falando desse temperamento dele, de atitudes humilhantes. E muitas me parabenizaram por dar a cara à tapa e procurar a polícia. Estou firme e confiante que ele responderá”.

Agora, cabe à polícia investigar o caso e dar andamento ao inquérito. Monaliny garante que vai até o fim, buscando justiça e providências legais. Ela também quer uma medida protetiva para evitar qualquer aproximação do rapper.

Foto: Reprodução/Instagram

 

Comentários