FAMOSOS

Miss Sergipe Carol Valença visita projeto social em São Paulo: "Foi gratificante"

Carol Valença conheceu o projeto que oferece cirurgias de fissura labiopalatina a crianças

Carol Valença fez visita a projeto social em São Paulo - Foto: Reprodução
Carol Valença fez visita a projeto social em São Paulo - Foto: Reprodução

Redação Publicado em 28/10/2021, às 05h00

A Miss Sergipe Carol Valença visitou nesta quarta-feira (27/10), a sede da Smile Train, uma instituição filantrópica que busca recursos para oferecer gratuitamente cirurgias de fissura labiopalatina e tratamento multidisciplinar para crianças.

Ela contou que se emocionou durante a visita e revelou que conheceu o projeto social através do concurso de Miss Universo.

“Eu conheci a Smile através do Miss Universo. Me encantei pelo trabalho deles e decidi conhecer de perto como tudo funcionava. Foi gratificante conhecer os voluntários, médicos e os profissionais de fisioterapia e ortodontia que atuam nesta causa", disse. Ela ainda completou falando que acredita que influenciadores, desde nano até macros, devem usar sua força nas redes sociais para apoiar instituições como essas.

“Nossas ações influenciam as ações de outras pessoas, principalmente no mundo de hoje, onde o digital faz com que tudo tome uma proporção muito maior. Então, devemos sim, falar sobre nossas ações, passar informação sobre as causas que apoiamos e incentivar outras pessoas para que ajudem também. Nossa voz tem muito poder, e nossas atitudes mais ainda", ressaltou Carol Valença.

Chamada aqui no Brasil de Trem do Sorriso, a entidade já ajudou pacientes em mais de 90 países e conta com apoio do Miss Brasil e Miss Universo. Segundo levantamento feito pela instituição, um em cada 700 bebês nascem com fissura labial e/ou palato.

A falta de tratamento, no entanto, faz com que a criança não só viva em isolamento, já que enfrenta dificuldades para interagir com outras pessoas, como também pode desencadear problemas para comer, falar e respirar, levando a um risco sério de desnutrição.

Comentários