FAMOSOS

MC Carol sobre sua infância: "Fiz o impossível para não me prostituir, assaltar ou vender droga"

MC Carol falou sobre seu passado ao declarar seu voto no BBB 22 para Douglas Silva

MC Carol falou sobre sua infância ao declarar torcida para Douglas Silva no BBB 22 - Foto: Reprodução
MC Carol falou sobre sua infância ao declarar torcida para Douglas Silva no BBB 22 - Foto: Reprodução

Redação Publicado em 23/01/2022, às 14h39

MC Carol usou a sua conta no Twitter neste fim de semana para falar sobre seu passado, mais especificamente a respeito de sua infância, quando precisou conseguir vários trabalhos para fugir da criminalidade.

Ela começou a tocar no assunto quando declarou torcida para Douglas Silva no BBB 22, afirmando que ele "é um ator preto nível Hollywood que não ficou milionário como um adolescente branco padrão que faz dancinha".

Questionada se a fala seria uma indireta para Jade Picon, que também está no reality show da Globo e que iniciou sua carreira ainda criança, assim como Douglas, a funkeira negou e fez questão de relembrar a sua própria trajetória no mundo artístico.

"Quer falar de trabalho infantil? Comigo? Carol Bandida? Eu carregava material de construção: areia, pedra, tijolo nas costas, subindo beco, escadaria, no sol de meio-dia, aos 14 anos, junto com caras de 30, 40 anos. Eu ganhava 10 reais por 6 horas de trabalho numa pizzaria, lavava carro, banheiro em troca de prato de comida. Eu almoçava três vezes na escola para aguentar a fome até o outro dia", iniciou.

Eu fiz o impossível para não me prostituir, ir para a pista assaltar ou vender droga. Eu tô falando de arroz, feijão, gás. Eu não tô falando sobre tênis ou roupa. Eu preferi perder minha dignidade, pedindo, do que perder minha honestidade.

Por fim, afirmou: "Quer falar de sofrimento de branco comigo? Quem dera ter tido uma infância e uma adolescência branca e tranquila! Eu carregado traumas até hoje. Principalmente aos sábados e domingos dias que não tinha escola".

Comentários