FAMOSOS

Mário Monjardim ficou quatro anos acamado após AVC, diz filha

Quadro do dublador piorou após sua preocupação com a mulher, que também sofreu AVC

Mário faleceu aos 86 anos, no último dia 30 de julho, em decorrência do AVC sofrido
Mário faleceu aos 86 anos, no último dia 30 de julho, em decorrência do AVC sofrido - Reprodução/Instagram/@chavesdenovo/@leylamonjardim

Redação Publicado em 02/08/2021, às 09h53

Filha do dublador Mário Monjardim, Leyla Monjardim publicou uma homenagem ao pai nas redes sociais, lamentando a perda, e contou que Mário passou quatro anos acamado após ele ter sofrido um AVC.

Mário faleceu aos 86 anos, no último dia 30 de julho, em decorrência do AVC que sofreu há alguns anos. O artista dublava o personagem Salsicha, do desenho "Scooby Doo". Em um longo texto no Instagram, Leyla falou sobre o pai:

"Meu Paizinho partiu, já está fazendo os anjos sorrirem, já está com os familiares e amigos em outro plano. Esta imagem ficará registrada para sempre, foi um dos momentos mais felizes da minha vida e o último encontro que tivemos antes dele sofrer o AVC que o deteve em uma cama por quase 4 anos e meio e o impedia de ser quem ele sempre foi, o marido apaixonado, o pai sempre presente, o amigo de todas as horas, o profissional exemplar, a voz das vozes!".

Ela prosseguiu: "Enquanto conseguiu, continuou fazendo piada nem que fosse com gestos ou colocando a língua para fora comprimindo os lábios e soprando, sabe como é? Como eu vou conseguir dormir sem ficar apreensiva de que você vai me chamar a qualquer momento para pedir alguma coisa?". Ela afirmou que a saúde do pai se agravou pela preocupação com sua mulher:  "Ele era tão apaixonado por minha mãe, que desde que ela teve um AVC, no ano passado, ele começou a definhar, cada vez que ela era hospitalizada, ele piorava, quando ela recebia alta, mesmo ainda estando no hospital, ele melhorava."

"Desta vez, ela foi hospitalizada no sábado passado e ele piorou drasticamente, falecendo ontem, enquanto dormia. Agradeço ao universo por ter tido a honra de cuidar dele, de ter sido mãe do meu pai, ser filha deste ser maravilhoso que me deixou a força dos sonhos, do amor e da alegria como legado! Um ser apaixonado, amoroso, honesto, de caráter irrefutável. Pai, você é um ser eternizável, viu quantas homenagens? Viu que era verdade o que eu te falava, do quanto você é amado e admirado? Acredita em mim, agora? Nós te amaremos pra sempre, por séculos sem fim, amém!"

Leyla completou: "Gratidão por tudo. Quero agradecer também a todos que o estão homenageando de alguma maneira, saibam que ele está muito feliz com todo este carinho e nossa família está recebendo cada palavra de conforto e cada abraço que nos direcionam, que o universo lhes retribua com toda a sorte de bençãos."

Comentários