FAMOSOS

Mariana Rios diz abraçar sofrimentos ao fazer balanço da vida: "Sofrimento serve para me levantar"

Atriz falou sobre a mudança positiva que a pandemia da Covid-19 causou em sua vida

Mariana disse que sempre fez terapia e aconselhou que todos fizessem - Reprodução/Instagram/@marianarios
Mariana disse que sempre fez terapia e aconselhou que todos fizessem - Reprodução/Instagram/@marianarios

Redação Publicado em 30/07/2021, às 08h55

A atriz Mariana Rios, 36 anos, falou sobre as emoções que tem passado durante a pandemia, relembrando sua perda gestacional, falando sobre abraçar sofrimentos.

Em conversa com a revista Marie Claire, ela contou como a pandemia acabou potencializando uma mudança positiva em si: "Acredito que nada na vida acontece por acaso, mas precisamos ter muita inteligência emocional para saber que tudo passa. É assim que eu levo. O ano passado, para mim, foi um ano de uma grande transformação, que não vejo pelo lado negativo. Eu só agradeço porque, se estou passando por qualquer coisa, eu tenho oportunidade de crescer, de viver. Você precisa saber quem você é, o que você busca na sua vida. Porque, no final do dia, somos nós e a nossa cabeça, né?".

"Busco me conhecer, mergulhar nos meus problemas e aprender com eles. Vou sofrer, mas o sofrimento serve para me levantar depois de uma queda", disse. Há um ano, Mariana perdeu seu bebê e foi questionada sobre a mudança que isso causou: "Para mim, a maior mudança aconteceu depois dessa perda. Porque realmente significou muito pra mim, descobri um novo amor. Imagina realmente ter o bebê? Acho que isso me deu mais entendimento, mais força para entender as coisas. Sabendo que, se eu passei por isso e tive força para acordar no dia seguinte, era hora de falar 'é isso e vamos lá, a vida continua'."

Ela prosseguiu: "A vida é uma montanha-russa e sou muito grata pelas pessoas que estão ao meu lado, por ter amadurecido com isso. Posso dizer que foi um aprendizado em todos os sentidos". Mariana conta que carrega segurança desde criança, afirmando costuma observar as pessoas e situações. "E eu acho que todos nós somos muito parecidos, ninguém é 100% bom, ninguém é 100% mau. Temos todos os sentimentos dentro da gente e é uma escolha o sentimento que você vai e optar por ter mais tempo no seu caminho. Sempre fiz terapia e acho que todo mundo deveria fazer", completou.

Recentemente, a atriz revelou que passou o maior perrengue no início de sua carreira como atriz, antes de entrar para o elenco de Malhação, em 2007.

Comentários