Cenapop
FAMOSOS

Em processo de tutela, mãe de Britney Spears contesta gastos de quase R$ 5 milhões com advogados do pai da cantora

Lynne Spears contesta taxa de 4 meses cobradas pelos advogados de Jamie

Mãe da cantora ainda afirma que advogados estão cobrando horas a mais de honorários advocatícios
Mãe da cantora ainda afirma que advogados estão cobrando horas a mais de honorários advocatícios - Foto/Reprodução

Redação Publicado em 20/04/2021, às 08h23

Mãe da cantora Britney Spears, Lynne Spears, não está de acordo com os honorário advocatícios que estão sendo pagos à equipe de Jamie Spears, pai da cantora, em relação ao caso da tutela de Britney. 

Obtido pela revista People, no documento judicial, que foi protocolado nesta segunda-feira (19/04), Lynne contestou uma taxa de quatro meses de US$ 890 (aproximadamente R$ 4,9 milhões) que foi cobrada pelo escritório de advocacia de Jamie, 'Holland & Knight', e alegou que diversas taxas que foram solicitadas por eles eram 'processuais e substancialmente impróprias'.

Ainda no documento, a mãe da cantora também afirmou que a empresa chegou a solicitar uma compensação por serviços 'não realizados de boa fé para o benefício de Britney' (39). Ela ainda pediu para que o tribunal pudesse rever os custos do advogado e que boa parte deles (ao menos US$ 224 mil relacionados à comunicação do escritório com a imprensa) fosse 'reembolsado imediatamente' aos bens da cantora.

Lynne também diz no documento que parte do 'trabalho desnecessário' da empresa conta com grande parte de 'uma turnê nacional da mídia', que foi articulada pelo escritório para que promovesse a advogada de Jamie, bem como para combater a cobertura da mídia que acabou colocando o pai de Britney 'sob uma luz negativa'.

O documento diz: "Lynne se opõe veementemente à inclusão de serviços relacionados a 'Assuntos de mídia': a turnê nacional de imprensa em que o conselho do Sr. Spears embarcou", diz o documento, acrescentando que o trabalho é "diretamente contrário ao desejo de Britney para privacidade."

"A vida da cantora está sob o microscópio da mídia, e a última coisa que ela deseja ou obtém qualquer benefício é o advogado de seu tutor gastando seu dinheiro para se promover na mesma mídia que examina tudo o que acontece com Britney". Lynne também alega que o número de horas registradas foi 'totalmente excessivo para os serviços relacionados a litígios, no qual a empresa completou. O processo diz que a solicitação de custos da empresa é de US$ 200 mil a mais do que 'todos os outros escritórios de advocacia combinados', grande parte por fazerem trabalhos semelhantes. 

A mãe da cantora também conta que a empresa ainda solicitou o pagamento de uma taxapara 628 horas de trabalho, mesmo que 385 tenham sido anteriormente aprovados. Mais recente processo sobre a tutela de Britney, a ação de Lynne chega quase um mês depois que o advogado da cantora pediu para que o tribunal nomeasse Jodi Montgomery como sua tutora permanente, em vez de seu pai. A ação ainda veio dois dias após Britney compartilhar uma atualização nas redes sociais dizendo que estava 'dando um tempo' para poder se divertir. 

Comentários