FAMOSOS

Latino fala sobre vício em sexo: “Não pensem que é uma coisa boa, é um problema”

Cantor contou que tratou compulsão por sexo com remédio para diminuir o tesão

Latino com a atual namorada, a advogada Rafaella Ribeiro
Latino com a atual namorada, a advogada Rafaella Ribeiro - Foto: Reprodução/ Instagram

Redação Publicado em 03/04/2020, às 11h25

Latino abriu o jogo sobre o vício em sexo durante uma conversa com o jornalista Léo Dias.

Namorando atualmente a advogada Rafaella Ribeiro, ele contou que considera a compulsão por sexo um problema, e que sofreu com a necessidade de transar o tempo todo.

“Isso é um problema, eu acredito que muitos homens sofrem com isso e não pensem que é uma coisa boa. É um sofrimento. A necessidade de transar viva de querer transar é igual compulsão de cocaina ou qualquer outra droga. É você querer o tempo todo, não vê cara, não vê coração, não vê sentimento, não vê nada, você quer transar”, começou ele.

“Eu já fui um moleque transante, sim. Isso foi um problema, real, durante 10 ou 15 anos. Fiz muito tratamento, durante três ou quatro anos. Até tomava remédio para inibir o tesão. Para baixar a libido. Isso foi me ajudando. Conforme a gente vai ficando mais velho, nossa testosterona, nosso desempenho acaba dando uma diminuída”, continuou.

Ao falar sobre sua vida sexual atual, Latino garantiu que está “muito menos” viciado em sexo:

“Hoje estou muito menos. Não que eu não goste, óbvio. Eu adoro, se eu pudesse eu teria pelo menos duas ou três vezes por dia. Acho que isso é o mínimo...”, completou.

Na entrevista, Latino disse ainda que perdeu milhões e faliu ao apostar em corridas de cavalo, o término do namoro com Kelly Key e assumiu que roubou vários carros nos EUA.

Comentários