Cenapop
FAMOSOS

Kanye West volta a atacar Drake e diz esperar pedido de desculpas por suposta ameaça de morte

Drake e Kanye West: desavenças começaram há dois anos
Drake e Kanye West: desavenças começaram há dois anos - Reprodução

Redação Publicado em 14/09/2020, às 21h55

Kanye West voltou a atacar, nesta segunda-feira, o rapper Drake por supostamente ameaçá-lo de morte há dois anos.

O marido de Kim Kardashian disse que ainda espera um pedido de desculpas pela desavença. "Preciso de um pedido público de desculpas de J Cole e Drake imediatamente. Sou Nat Turner... Estou lutando por nós", escreveu em seu Twitter.

"Eu sou o segundo negro mais rico dos EUA... Preciso de todos meus iguais comigo para nos libertarmos. Também estou esperando encontrar Sean Carter", continuou. Pouco tempo depois, ele voltou à rede social para se corrigir. "Desculpem. Eu quis dizer Shawn Carter (nome de batismo de Jay-Z)... sem desrespeitar meu irmãozão", finalizou.

O problema entre Kanye e Drake começou em dezembro de 2018, quando o primeiro disse, também pelo Twitter, que estava preocupado com sua segurança e de sua família.

"Drake me ligou tentando me ameaçar. O garoto do show do Pusha T está em estado grave. Desde que isso aconteceu, ele vem tentado me provocar e me atacar. Então, Drake, se algo acontecer comigo ou qualquer um da minha família, você será o primeiro suspeito. Então, pare com essas agressões verbais. Isso não me diz respeito", escreveu Kanye na época.

Ele continuou, tentando se explicar. “Tenho família e filhos. 69 (o rapper 6ix9ine) está preso, XXX (o rapper XXXTentacion) está morto. O garoto que correu para o palco está no hospital. Você está mandando mensagens para as pessoas que eu conheço como se fosse legal, mas não vem sentar e conversar comigo”.

Por fim, insinuou que Drake ameaçou seus filhos. "Jamais ameace NorthSaint Chicago, meu. Jamais ameace o pai de North, Saint e Chicago, meu. Estes tuítes não são emotivos. É de um homem pra outro homem que foi colocado na área para ferrar com a cabeça de Kanye West e me incriminar", ameaçou.

"Deixe eu e minha família em paz. Este ano foi realmente difícil e você só tornou ele ainda pior. Sou Ye, cara. E lembre-se disso: eu te amo. Eu jamais te machucaria intencionalmente. É isso que estou te dizendo. Você está bravo comigo por algo que não fiz", frisou.

Pouco tempo depois, Kanye voltou a falar sobre o assunto. "Família em primeiro lugar. Isso não é sobre rap, é sobre família. Temos de estar o mais próximo da família como nunca e nunca deixar essa gente se infiltrar apenas por músicas tocadas nas rádios. Drake ligou me ameaçando", repetiu.

"Preciso do amor e respeito que não demos a Michael (Jackson) enquanto eu estiver vivo. Sou um homem de família e integridade. Cometi erros e tenho carma. Nenhum homem é perfeito. O universo vai nos testar. Só vibrações positivas. Só amor", escreveu.

Comentários