Cenapop
FAMOSOS

Ex-estrela mirim doa 800 mil reais para ajudar acusado de matar duas pessoas em protesto antirracista

Ricky Schroder e Jon Voight em cena de O Campeão
Ricky Schroder e Jon Voight em cena de O Campeão - Reprodução

Redação Publicado em 21/11/2020, às 17h21

Kyle Rittenhouse, de 17 anos, ficou famoso nos Estados Unidos após matar duas pessoas durante um protesto antirracista, ocorrido há algumas semanas.

O caso aconteceu na cidade de Kenosha, em Wisconsin. Kyle foi acusado dos dois assassinatos com a motivação de crime de ódio. No entanto, para conseguir aguardar seu julgamento em liberdade, o rapaz contou com a ajuda de algumas pessoas famosas.

Uma delas é o ex-ator mirim Ricky Schroder, que fez o filme "O Campeão" em 1979 ao lado de Jon Voight. Ele fez uma contribuição para pagar a quantia estipulada pela justiça americana para a fiança de Kyle, que chegou a dois milhões de dólares.

O advogado de Kyle, Lin Wood, anunciou que Ricky doou cerca de 150 mil dólares (aproximadamente 807 milhões de reais em cotação atual) para ajudar na vaquinha pela libertação do jovem.

Pelo Instagram, o advogado publicou uma foto ao lado de Ricky e Kyle, e agradeceu a ajuda prestada pelo ator. "Obrigado, todos os doadores. Obrigado, todos os patriotas. Graças a Deus Todo-Poderoso", escreveu na legenda.

Outro que fez uma doação para a causa de Kyle foi o CEO da MyPillow, Mike Lindell, a quem o advogado também agradeceu. Lindell doou cerca de 50 mil dólares (250 mil reais na última cotação).

O caso de Kenosha tem Kyle no centro de uma polêmica. O adolescente matou dois manifestantes e feriu um terceiro durante os protestos pela morte de Jacob Blake, vítima de violência policial.

Entenda o caso

O rapaz, que mora em Illinois, se dirigiu até Kenosha para enfrentar os manifestantes antirracistas e estava armado. Ele foi preso e levado à justiça, onde disse ter agido em legítima defesa, tese contestada pela viagem que fez para participar dos atos em outra cidade

"Parece ser um membro de um grupo de milícia que fazer justiça com as próprias mãos e acabar com os manifestantes inocentes", disse o vice-governador de Wisconsin, Mandela Barnes, para a emissora MSNBC um pouco antes da prisão de Kyle. O adolescente tem sido defendido por grupos de extrema-direita.

Linn Wood, Kyle Rittenhouse e Ricky Schroder em foto publicada nas redes sociais - Foto: Reprodução/Instagram

 

Comentários