FAMOSOS

Auxiliar de escritório, policial e mais! 8 modelos que trocaram a profissão pelo OnlyFans

Oito musas do OnlyFans que antes tinham trabalhos mais tradicionais

A ex-policial Melissa Williams e a ex-auxiliar de escritório Belle Grace - Foto: Reprodução/ Instagram@the.real.bella.lexi.2 e @xxbellegracexx
A ex-policial Melissa Williams e a ex-auxiliar de escritório Belle Grace - Foto: Reprodução/ Instagram@the.real.bella.lexi.2 e @xxbellegracexx

Redação Publicado em 17/02/2022, às 18h00

Uma das melhores opções para os criadores rentabilizarem conteúdo, o OnlyFans fez com que muita gente que tinha um “emprego tradicional” trocasse de profissão 一 incluindo a auxiliar de escritório, a policial, a enfermeira, a diarista e as professoras que você verá abaixo.

Plataforma versátil, permite trabalhar de forma autônoma (e faturar com isso), dá liberdade para criar (a hora que achar melhor) e proporciona um contato mais direto com quem aprecia a pessoa ou seu trabalho.

A cobrança pode ser feita mensal, trimestral, semestral ou anualmente, essas três últimas formas geralmente têm desconto. Tudo é muito simples.

Abaixo, o CENAPOP reúne oito modelos que trocaram suas profissões pelo OnlyFans.

Belle Grace (ex-Auxiliar de Escritório)

Ex-auxiliar de escritório, Belle Grace contou que a produção de conteúdo para o OnlyFans, incluindo nudes, ensaios sensuais e bate-papo com os fãs, está rendendo uma boa grana: R$ 70 mil por mês.

Há apenas alguns meses na plataforma, a modelo explicou que entrou na onda “por curiosidade”, e agora tem uma verdadeira legião de seguidores em suas redes sociais 一 são mais de 200 mil só nas várias contas que mantém no Instagram.

Ao falar sobre a mudança de emprego, Belle admitiu que não tem arrependimento nenhum. Apesar de dizer que sente falta de ter um emprego tradicional, Belle explicou que prefere o estilo de vida proporcionado pelo OnlyFans: “Eu comecei em janeiro e em novembro eu já estava recebendo £10.000 por mês (o equivalente a R$ 70 mil)”, disse ela, ao Daily Star.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Belle Grace (@xxbellegracexx)

 

Melissa Williams (ex-Policial)

Ex-policial, Melissa Williams, de 46 anos, do Colorado, nos EUA, achou que o OnlyFans  seria uma boa maneira de apimentar seu casamento e começou a compartilhar fotos e vídeos sensuais na plataforma. Em casa, a coisa funcionou. No trabalho, não.

De acordo com ela, seu chefe tomou conhecimento da página após receber uma denúncia anônima, e ela acabou sendo “forçada a deixar a corporação” após 28 anos de serviços prestados à comunidade. 

Ela recebeu um indenização após contratar um advogado e segue publicando suas fotos e vídeos na plataforma: “Sinto que posso manter a minha cabeça erguida. Ainda sou a mesma mãe, a mesma vizinha, a pessoa que eu sempre fui. Eu também era uma boa policial, mas minha vida pessoal parece ter ofendido meus chefes”, disse ela, ao Daily Star.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Lexi Bella (@the.real.bella.lexi.2)

 

Nikole Mitchell (ex-Pastora)

A ex-pastora Nikole Mitchell, de Ohio, nos EUA, passou anos de sua vida pregando sermões religiosos. Hoje, aos 37 anos, mãe de três filhos, ela “ganha dinheiro tirando a roupa no OnlyFans”, como ela mesma frisou em uma entrevista ao jornal Daily Star.

Vinda de uma família batista, ela passou o início de seus 20 anos estudando para ser pastora. Após anos na igreja “reprimindo suas vontades” (tembém de acordo com ela mesma), ela resolveu abraçar sua sexualidade.

Nikole largou a igreja em 2017 e passou a investir na criação de conteúdo para o OnlyFans. Seu faturamento por mês é de cerca de US$ 100 mil (equivalente a R$ 570 mil).

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Nikole Mitchell (@mitchellnikole)

 

Courtney Ann (ex-Diarista)

Courtney Ann, de 38 anos, de Fort Worth, no Texas, trocou a rotina estressante de limpeza de casas como diarista por uma mais tranquila e 10 vezes mais lucrativa: a de produtora de conteúdo para o OnlyFans.

Casada e mãe de duas adolescentes, ela contou que seus dias eram “cheios e cansativos” e que ela precisava cuidar da casa, da família e ainda trabalhar fora: “Eu limpava uma casa, corria para o mercado para comprar qualquer coisa, pegava as garotas na escola, fazia todo o trabalho da tarde, as tarefas domésticas, preparava o jantar”, explicou ela, ao jornal Daily Star.

Courtney contou que foi incentivada pelo marido a entrar para o OnlyFans depois que os dois “toparam” com o perfil de uma modelo nas redes sociais. Hoje em dia é ele quem faz as fotos dela e a família está mais unida. No primeiro mês o casal faturou R$ 15 mil e, claro, não parou mais.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Courtney Ann 💗 (@texasthighs)

 

Maeurn Smiles (ex-Professora)

Nascida e criada em Cebu, nas Filipinas, Maeurn Smiles, de 21 anos, estava passando dificuldades financeiras quando resolveu trocar o emprego de professora de Inglês pelo de criadora de conteúdo para o OnlyFans. Ela conseguiu mudar a vida de toda a família.

Recebendo US$ 1 (R$ 5,71) por hora como professora ela simplesmente não tinha comida em casa 一 quando tinha, era o básico: arroz e iscas de peixe seco. Determinada a mudar de vida, pediu demissão e passou a produzir conteúdo para a plataforma. Atualmente seus pais e irmãos mais novos não passam mais necessidade.

“Minha família vivia na pobreza antes do OnlyFans e agora tem uma vida confortável nas Filipinas. É isso que me deixa mais orgulhosa. Crescer nesse ambiente foi muito difícil, e eu só percebi isso depois que eu comecei a ganhar dinheiro”, disse ela, ao Daily Star.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Maeurn smiles (@maeurn.tv)

 

Allie Rae (ex-Enfermeira)

Mãe de três, Allie Rae, de Boston, Massachusetts (EUA), de 37 anos, foi denunciada por colegas de trabalho à diretoria do hospital onde trabalhava por conta das fotos e vídeos calientes que compartilhava no OnlyFans e acabou encontrando uma nova carreira muito mais lucrativa.

Ao lembrar como tudo aconteceu, a produtora de conteúdo disse que “ficou desconfortável” após os funcionários do hospital descobrirem sua segunda fonte de renda.

“Eles contaram para o meu superior [que ela tinha OnlyFans] e eu fui chamada até o escritório. Ele me disse que eu estava contrariando as políticas de redes sociais do hospital. Me senti mal, foi desconfortável, senti que as pessoas estavam dando mais importância para o que eu estava fazendo fora do meu trabalho”, explicou ela, que hoje é milionária, ao Daily Star.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por The Allie Rae (@theallierae)

 

Renee Gracie (ex-Pilota da Supercars)

A australiana Renee Gracie, de 26 anos, resolveu ganhar dinheiro produzindo conteúdo para o OnlyFans após deixar as competições nas pistas da Supercars.

Apesar de ter criado o perfil no ano passado, ela contou que já faturou perto dos 4 milhões de dólares com o material sensual que produz para a plataforma.

Muito requisitada pelos fãs pagantes, ela contou que é alvo de pedidos esquisitos: “Já teve gente que me pediu para engarrafar a minha urina e enviar pelo correio. Eu já fiz vídeo urinando, mas nunca fiz isso [de enviar] para alguém”, garantiu ela, ao Daily Star.

Considerada uma estrela na indústria pornográfica, Renne começou a investir em conteúdo próprio há 18 meses. Na primeira semana, faturou US$ 3 mil (o equivalente a R$ 17 mil).

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Renee Gracie 🧂 (@therenee_gracie)

 

Kylie Biss (ex-Cabeleireira)

Kylie Biss, de Alicante, na Espanha, de 32 anos, perdeu o emprego de cabeleireira no início da pandemia, no ano passado, e viu no OnlyFans uma oportunidade de ganhar dinheiro para dar a volta por cima.

Com a crise no mercado, ela passou a ter dificuldades financeiras e resolveu abrir um perfil. A coisa deu tão certo que hoje ela fatura R$ 278 mil por semana, mora em um condomínio luxuoso com piscina e dirige um Ford Mustang GT5 azul avaliado em R$ 350 mil.

A “virada de mesa”, no entanto, trouxe chateações. Kylie ㅡ que usa o nome Gracey Kay no plataforma ㅡ explicou que há muita gente que paga para acessar sua página só para criticá-la.

“Algumas pessoas não gostam do que eu faço, e eu respeito isso. Só acho que, se você não gosta de algo, é só não ligar e se afastar”, disse ela, ao Leeds Live. “Alguns homens dizem coisas horríveis. Eles se inscrevem e pagam para ver o que eu compartilho só para dizer que não gostam do que eu estou fazendo”, completou.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por OFFICAL PAGE OF GRACEY KAY (@official_graceykay)