FAMOSOS

Aline Fontes, ex-miss, relembra assédio ao estrear em Sessão de Terapia: "Só conseguia chorar"

Aline interpreta personagem que relata um caso de abuso

Ex-miss contou que chegou a se sentir culpada após sofrer assédio
Ex-miss contou que chegou a se sentir culpada após sofrer assédio - Reprodução/Instagram/@afontes_

Redação Publicado em 29/07/2021, às 09h48

Aline Fontes, ex-miss, falou sobre estrelar na série "Sessão de Terapia" e relembra assédio ao comentar sobre sua personagem, que relata um caso de abuso ao terapeuta, interpretado por Selton Mello

Em conversa com o Gshow, Aline contou que também já foi vítima de assédio, assim como sua personagem, e falou sobre a dificuldade que ainda sente ao relembrar do assunto: "Infelizmente, toda mulher já sofreu algum tipo de assédio. É uma triste e revoltante realidade. Já sofri alguns, uns de forma bem grave. É muito estranho que, por mais que a gente debata o assunto, ainda assim é difícil falar sobre. De uns tempos para cá, percebi como o que eu passei, de alguma forma, ainda interfere na minha vida e nas minhas atitudes, por mais que eu ache que já tenha superado."

Ela prosseguiu: "Muitas vezes, nossa mente cria bloqueios como forma de proteção, e acessar isso é uma batalha. Cada mulher tem uma ferida, que só ela sabe como é difícil superar. Como a maioria, na hora eu não consegui falar. Só conseguia chorar. Em outros momentos, cheguei até a me sentir culpada. Demorou algum tempo para eu entender melhor toda situação e conseguir expor para alguém mais próximo. Vejo o quanto isso interferiu na minha vida, e comecei a entender o porquê de algumas das minhas atitudes. Não é um processo fácil, é algo que sempre vai ficar marcado na vida de uma mulher."

A ex-miss aproveitou para comentar sobre como se sentiu ao passar no teste para estrelar na série: "Estava super nervosa. Me emocionei quando ele disse que tinha adorado e se sensibilizado com minha atuação, que eu tinha muito potencial. Já estávamos na pandemia, com todos os meus projetos parados, e escutar as palavras dele naquele momento foi um gás enorme para eu continuar batalhando pelos meus objetivos, um sinal de que estava na direção certa. Meses depois, meu agente me ligou dizendo que eu havia sido chamada para participar de uma série, mas ainda não tinha me dito qual seria."

"Quando ele me enviou o contrato, e vi que era Sessão de Terapia, não vou negar que escorreram lágrimas de felicidade no meu rosto. Eu não estava esperando. Foi um dos melhores presentes que recebi", completou.

Comentários