Cenapop
FAMOSOS

Vilã em Amor de Mãe, Arieta Corrêa fala sobre a reação do público: “Uma mulher queria me dar um murro”

Arieta Corrêa na pele de Leila, sua personagem em Amor de Mãe
Arieta Corrêa na pele de Leila, sua personagem em Amor de Mãe - Foto: Globo/ Victor Pollak

Redação Publicado em 06/03/2020, às 12h22 - Atualizado às 12h24

Intérprete da vilã Leila em Amor de Mãe, Arieta Corrêa contou que recebe “dedos na cara”, ameaças de agressão e até “xingamentos” por causa do trabalho na novela das 21h da TV Globo.

“Já até acostumei e aprendi a agradecer, porque sei que não é pessoal. Sinto que a maioria das pessoas se relaciona comigo como se eu fosse a Leila. Então, levo dedo na cara, xingamentos. E é isso direto. Do avião à praia”, disse ela, à revista Quem.

Na história, a personagem de Arieta acordou do coma após anos, e vê o marido, Magno (Juliano Cazarré), apaixonado por Betina (Isis Valverde), sua enfermeira.

À publicação, a atriz contou que, apesar do tratamento truculento por parte de alguns telespectadores que confundem ficção e realidade, ela considera boa toda a repercussão:

“No fundo, acho isso bom. Mostra que as pessoas estão envolvidas com a história”, argumentou.

O papel fez a atriz passar por duas situações inesperadas.

Arieta Corrêa na pele de Leila, sua personagem em Amor de Mãe – Foto: Globo/ Camilla Maia

“Uma foi no avião, quando uma mulher quis me dar um murro na cara e falou alto. Todos os passageiros ficaram me olhando, tentando entender”, revelou.

“A outra situação foi na praia. Uma moça me parou e disse que eu estava fazendo a história da sua vida. Disse que ela era a Leila e que faria tudo outra vez se fosse necessário. Ela me contou coisas íntimas e comemorou, orgulhosa, que estava completando 25 anos de casamento”, continuou.

“Outra senhora me abordou e enfiou o dedo na minha cara, de brincadeira, mas de forma agressiva, e me chamou de ‘traíra’. Aí, a outra moça me defendeu. Uma me xingando, a outra defendendo. E eu no meio”, completou.

Comentários