Cenapop
Famosos

Larissa Manoela e seus pais são alvo de processo milionário

Larissa Manoela e seus pais são alvo de processo milionário
Larissa Manoela e seus pais são alvo de processo milionário - Foto: Reprodução / Instagram

Redação Publicado em 21/02/2020, às 15h45 - Atualizado às 15h48

Larissa Manoela e seus pais, Silvana e Gilberto, estão sendo processados pelo produtor de eventos Davi Dantas por causa de um show da artista cancelado em outubro de 2018, que aconteceria no Jockey Clube de São Paulo. Dantas pede uma indenização por perdas e danos e o valor da causa chega a R$ 1,7 milhões.

A assessoria de Larissa Manoela divulgou sua posição oficial sobre o assunto. Nele, é informado que o show contratado por Dantas “não foi realizado por responsabilidade única e exclusiva do próprio” porque ele “não conseguiu a documentação necessária junto aos órgãos responsáveis para a realização do evento”.

O produtor também enviou à imprensa um e-mail anunciando um “escândalo” envolvendo o nome da atriz e cantora, que está em Nova York gravando seu próximo filme Diário de Intercâmbio. Ele pede o ressarcimento de R$ 1,7 milhão por um adiantamento pago de R$ 50 mil, 35 vezes o valor supostamente pago inicialmente.

“Mas a artista não recebeu nenhuma citação oficial desse processo, afinal está fora do país, rodando um longa-metragem em Nova Iorque, não tendo, assim, como saber, efetivamente do que se trata o pleito deste senhor que quer chamar este problema por ele causado, de escândalo”, afirma o comunicado.

Leia abaixo, na íntegra, o comunicado oficial da assessoria de Larissa Manoela:

Comunicamos que a artista Larissa Manoela, por meio de sua empresa, Dalari Produções e Eventos, não descumpriu qualquer contrato de trabalho com o Sr Davi Dantas de Souza. O empresário que diz ter contratado, em 2018, um show da atriz e cantora que não foi realizado por responsabilidade única e exclusiva do próprio. O referido senhor não conseguiu a documentação necessária junto aos órgãos responsáveis para a realização do evento. Ele, então, propôs nova data e novo local (aceitos de forma cortês pela produção da artista) e, novamente, não teve a documentação necessária para a realização sequer do novo show. Vale lembrar da importância de se cumprir as exigências legais para oferecer ao público condições seguras para a realização de showsc assim como toda a devida documentação para tanto. No dia de hoje, 20, ao que parece, uma suposta ação teria sido movida contra a Dalari. Mesmo dia em que jornalistas receberam e-mail do sr. Davi anunciando que teria um “escândalo” (palavras dele) de Larissa Manoela. Nesta suposta ação, o contratante afirma que teria pago R$50 mil reais como sinal, e estaria pedindo um suposto ressarcimento de cerca de 1,7 milhão, ou seja, de 35 vezes o valor. Mas a artista não recebeu nenhuma citação oficial desse processo, afinal está fora do país, rodando um longa-metragem em Nova Iorque, Não tendo, assim, como saber, efetivamente do que se trata o pleito deste senhor que quer chamar este problema por ele causado, de escândalo.

Comentários