Cenapop
FAMOSOS

“O Gugu ficou sentido com fake news de morte”, lembra Goiabinha

Gugu Liberato com o amigo e produtor Walter Wanderley, o Goiabinha
Gugu Liberato com o amigo e produtor Walter Wanderley, o Goiabinha - Foto: Arquivo Pessoal

Redação Publicado em 27/11/2019, às 11h46

Amigo de Gugu Liberato há 40 anos, Walter Wanderley, o Goiabinha, contou que o apresentador “ficou sentido” com o boato de sua morte que viralizou nas redes sociais semanas antes do trágico acidente que tirou sua vida.

Considerado irmão postiço de Gugu até pela família, o produtor acompanhava o apresentador desde os tempos em que ele estreou na TV, no programa Sessão Premiada, na TVS [que depois virou SBT], e que também ficou chateado com o boato:

“Por volta das 11h [no dia do acidente], um jornalista me ligou e perguntou se era verdade que o Gugu tinha se acidentado. Porque semanas antes houve aquele infeliz boato da fake news sobre a morte do Gugu. Queria muito saber quem plantou isso, aliás, porque deixou o Gugu sentido e foi de muito mau gosto”, disse ele.

Ao jornal Extra, Goiabinha disse que, assim como todo o Brasil, foi pego de surpresa com a notícia da morte do amigo:

Gugu Liberato com o amigo e produtor Walter Wanderley, o Goiabinha – Foto: Arquivo Pessoal

“Quando fui checar, soube do acidente, mas não da dimensão. Fiquei chocado, sem chão, imaginando que ele sairia dessa, afinal, era um super-homem. Talvez, se saísse dessa, ele poderia vegetar. Não seria mais ele. Ele jamais ia querer essa vida para ele. Gugu não merecia um grand finale desse. Vou ao velório e ao enterro dar meu último adeus ao corpo, porque a alma dele já subiu e está em um bom lugar. Ele era devoto de Nossa Senhora Aparecida, sempre quis o bem para todo mundo. Nunca o vi fazendo mal para ninguém. Só quero que ele esteja bem e que olhe pela gente, que nos guie”, disse.

À publicação, o produtor – que trabalhava com Gugu no Canta Comigo, da RecordTV – disse que o apresentador, aos 60 anos, finalmente estava vivendo como gostava:

“Ele era uma pessoa muito família. Ele estava vivendo no exterior do jeito que gostava: tendo uma vida normal, fazendo as coisas dele, andando de patinete, bicicleta, indo à padaria, ao supermercado, como uma pessoa normal…”, contou.

Goiabinha contou que conversou com Gugu um pouco antes dele viajar para Orlando, nos EUA, onde o acidente o aconteceu, e que conseguiu falar tudo o que queria ao apresentador.

“Da última vez que tivemos contato, eu disse a ele: ‘te amo’. Graças a Deus. Sempre dizia o quanto ele era importante para mim, me fazia falta. Sempre que possível, estava ao lado dele”, lembrou.

Comentários