BBB 22

BBB 22: Nego Di tira sarro de vídeo íntimo de Natália: "Não sabia que dálmata gostava de chimarrão"

Nego Di gravou um Stories comentando sobre o vídeo íntimo vazado de Natália Deodato

Nego Di debochou do vídeo íntimo de Natália, do BBB 22 - Foto: Reprodução / Instagram
Nego Di debochou do vídeo íntimo de Natália, do BBB 22 - Foto: Reprodução / Instagram

Redação Publicado em 20/01/2022, às 15h21

Nego Di, que participou do BBB 21 no ano passado, publicou em sua conta no Instagram na tarde de ontem (19/01) um vídeo onde debocha da gravação vazada de Natália Deodato, que está atualmente no BBB 22.

"Que goela bem aveludada, hein, morena. Curiosidades do dia: eu não sabia que dálmata gostava de chimarrão", afirmou o ex-BBB, que fez referência às manchas no corpo de Natália, causadas pela vitiligo.

O vídeo do auto-intitulado humorista foi bem recebido pelos internautas. "O cara foi execrado no ano passado e parece querer ser nesse ano também", disse um deles, pelo Twitter. "Completamente desnecessário", afirmou outro. "Não tem graça nenhuma", apontou uma terceira.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Tudo sobre os famosos (@fuxicano)

 

Entenda o caso

Após um vídeo íntimo de Natália Deodato, participante do grupo "Pipoca" no BBB 22, ter vazado, a Polícia Civil de Minas Gerais solicitou à Justiça uma medida protetiva. O objetivo é impedir que o suspeito por divulgar o vídeo continue replicando o conteúdo na web. Além disso, é preciso que todo o conteúdo seja retirado da internet.

Após procurado pelo jornal "Extra" durante esta quinta-feira, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais não chegou a informar se concedeu à Natália a proteção judicial. A finalidade da medida protetiva é justamente garantir a integridade de indivíduos que estão em risco, ou alguma vulnerabilidade.

A equipe da sister chegou a pedir para que os fãs denunciassem todos os conteúdos que recebessem expondo Natália. Perfis de outros participantes desta edição do reality show também se manifestaram, apoiando a sister. A divulgação desse tipo de conteúdo, sem autorização, é crime no Brasil.

"Atenção. A equipe já está ciente das mídias que estão sendo compartilhadas e iremos tomar as medidas cabíveis. O compartilhamento desse conteúdo é um desrespeito a participante enquanto mulher e também a família dela. Isso é muito sério e nenhuma pessoa deveria passar por essa exposição. Pedimos que denunciem todas as publicações e também perfis que estão compartilhando. Precisamos derrubar esse conteúdo e precisamos da ajuda de vocês", disse a equipe de Natália em comunicado oficial.

 

 

Comentários