Martin Scorsese alcança décima indicação ao Oscar de Direção e amplia próprio recorde

Martin Scorsese alcança décima indicação ao Oscar de Direção e amplia próprio recorde - Foto: Reprodução / IMDB

Martin Scorsese alcança décima indicação ao Oscar de Direção e amplia próprio recorde – Foto: Reprodução / IMDB

Com a revelação dos indicados ao Oscar deste ano, ocorrida na última segunda (13/01), Martin Scorsese se consolidou como o diretor vivo com o maior número de indicações na categoria.

Ele foi o responsável por comandar O Irlandês, pelo qual recebeu sua décima indicação ao prêmio de Direção. Ele já era o recordista, deixando para trás nomes consagrados da indústria como Steven Spielberg e Woody Allen, que estão empatados em segundo lugar com 7 indicações cada um.

Neste ano, ele concorrerá com Todd Phillips (Coringa), Sam Mendes (1917), Quentin Tarantino (Era Uma Vez em… Hollywood) e Bong Joon Ho (Parasita). Apesar dos nomes fortes, atualmente Scorsese é um dos favoritos a levar o prêmio para casa. Se acontecer, será apenas a segunda estatueta do cineasta. Ele venceu em 2006 por Os Infiltrados, que também levou o Oscar de Melhor Filme.

Se levar em consideração todos os diretores, inclusive os falecidos, o líder dessa lista é William Wyler. O diretor foi indicado 12 vezes e venceu 3 delas: com Rosa da Esperança (1942), Os Melhores Anos de Nossas Vidas (1946) e Ben-Hur (1959). Ele faleceu em 1981.

Além de O Irlandês, Scorsese foi indicado ao prêmio por: Touro Indomável (1980), A Última Tentação de Cristo (1988), Bons Companheiros (1990), Gangues de Nova York (2002), O Aviador (2004), Os Infiltrados (2006), A Invenção de Hugo Cabret'(2011) e O Lobo de Wall Street (2013).

O filme dirigido por ele chegou com força ao Oscar, pois recebeu mais 9 indicações: Melhor Filme; Melhor Ator Coadjuvante (indicação dupla, para Al Pacino e Joe Pesci); Melhor Roteiro Adaptado; Melhor Fotografia; Melhor Montagem; Melhor Direção de Arte; Melhor Figurino e Melhores Efeitos Visuais.

O Oscar 2020 será entregue no dia 9 de fevereiro.

Comentários