Cadela morre abraçada ao dono após ataque cardíaco causado por fogos de artifício na Argentina

Cadela morre abraçada ao dono após ataque cardíaco causado por fogos de artifício - Foto: Reprodução/Facebook

Cadela morre abraçada ao dono após ataque cardíaco causado por fogos de artifício – Foto: Reprodução/Facebook

A história aconteceu na Argentina no último fim de semana: a cadela da família Modasjazh morreu por conta de um ataque cardíaco causado por fogos de artifício.

Magui era um animal da raça boxer que vivia na casa dos Modasjazh em Chubut, província da Patagônica argentina. Ela ficou muito agitada e nervosa por conta da queima de fogos que aconteceu no local e acabou morrendo nos braços de um dos membros da casa.

A situação comoveu o país. Posteriormente, detalhes do caso começaram a aparecer na internet, dando conta que os familiares tentaram contato com vários veterinários para que atendessem Magui com urgência, mas não tiveram sucesso. Antonella Modasjazh, matriarca da família, afirmou que a cadela morreu abraçada com seu filho mais velho.

Ela, então, fez uma postagem em redes sociais para homenagear Magui e contar sobre como tudo aconteceu. No entanto, a repercussão só começou a acontecer de fato quando a organização Amigos dos Animais Esquel (ADAE) deu visibilidade ao relato.

“Ela era nosso animal amado!!! O nome dela era Magui e ela acabou de morrer. Ela era velhinha e tinha pavor de pirotecnia. Não sabíamos onde mais colocá-la enquanto os outros se divertiam, ela estava tendo um momento difícil. Um ataque a agarrou, ligamos para todos os veterinários para nos ajudar e nenhum atendeu! A cachorra morreu nos braços do meu filho, enquanto ele implorava que eu chamasse alguém para ajudá-la”, diz o post feito por Antonella.

O caso chama a atenção para os cuidados com os animais nesta época do ano, em que o Réveillon com fogos de artifício é feito em praticamente todas as cidades do país sem que haja o devido cuidado aos animais, que são suscetíveis ao barulho intenso da pirotecnia e podem ter problemas cardíacos por conta disso.

Veja a postagem:

Tags

Comentários