“Teve uma época na minha vida que sofri muito com o machismo”, diz Isis Valverde

"Teve uma época na minha vida que sofri muito com o machismo", diz Isis Valverde - Foto: Reprodução/Instagram

“Teve uma época na minha vida que sofri muito com o machismo”, diz Isis Valverde – Foto: Reprodução/Instagram

Após ser alvo de machismo, Isis Valverde se viu despertando para o feminismo. De uns tempos para cá, ela passou a se posicionar sobre o tema em suas redes sociais.

“Sempre existiu esse lado feminista, mas teve uma época na minha vida que sofri muito com o machismo. Eu me senti um alvo por ser uma mulher. Desde esse momento, levantei uma bandeira para mim mesma. Foi muito bonito quando vi muitas mulheres se unindo e levantando bandeiras também”, disse a atriz de 32 anos para a Revista Quem desta quinta (14/11).

Há pouco tempo, ela viu seu nome envolvido em um escândalo: ela teria sido o pivô da separação de Cauã Reymond com Grazi Massafera. Na época, ela recebeu muitos ataques – de homens e mulheres. Isso fez com que ela mudasse sua postura.

“Quero continuar falando sobre isso, a igualdade e essa luta pela mulher livre, isenta de culpa e de pecados, porque a gente sempre foi vista como a mulher do lar, se a família acabava, a culpa era sua, você que não tinha segurado o seu casamento… A culpa era sempre colocada na gente”, disse a mãe de Rael, fruto de seu relacionamento com o modelo André Resende.

Por fim, Isis falou sobre a importância das mulheres se unirem. “Era pregado pela sociedade machista que as mulheres competiam entre elas e a gente se via dessa forma também. Era uma coisa inventada para a gente não se acolher. Hoje temos visto mulheres mais unidas e se apoiando”, finalizou.

Comentários