Morre Machelle Hobson, youtuber que foi presa por abusar dos filhos adotivos

Morre Machelle Hobson, youtuber que foi presa por abusar dos filhos adotivos - Foto: Reprodução

Morre Machelle Hobson, youtuber que foi presa por abusar dos filhos adotivos – Foto: Reprodução

Machelle Hobson, de 48 anos de idade, morreu em um hospital nos Estados Unidos, informou o jornal New York Post. Ela ficou conhecida logo após ser presa por abusar de seus filhos adotivos.

Machelle ganhou fama e dinheiro através de seu canal Fantastic Adventures, que era estrelado por seus sete filhos. No entanto, a imagem de mãe perfeita foi desmistificada em março, quando ela foi acusada de abuso. As crianças disseram à polícia que eram constantemente espancadas, trancadas em um armário por dias seguidos, dar-lhes banho frio à força e jogar spray de pimenta em seus olhos.

Ela acabou detida no dia 15 de março. A partir do dia 29 do mesmo mês, nas audiências sobre o caso, ela passou a ser vista com cadeira de rodas. A mídia americana informou que ela teve uma lesão cerebral enquanto esteve na prisão, e por isso as autoridades acabaram não a julgando, por considerar seu estado de saúde. Entretanto, promotores acreditavam que ela se recuperaria o suficiente para ser responsabilizada por seus prováveis crimes.

“Acredito que o prazo de 15 meses é suficiente para que ela se recupere, para permitir que ela seja levada de volta ao tribunal para ser responsabilizada e, finalmente, ir a julgamento e ser considerada culpada”, disse a um veículo local o advogado Kent Volkmer depois de uma audiência realizada em agosto.

Antes que pudesse ir a julgamento, Hobson morreu em um hospital de Maricopa, cidade que fica no Arizona, região onde todo o caso se desenrolou. A causa da morte ainda não foi anunciada.

 

Entenda o caso

Segundo o site BuzzFeed News, mesmo temporariamente inapta a ser julgada, Hobson continuou a receber acusações de abuso infantil, abuso sexual, negligência e cárcere ilegal. Assim que os promotores forem informados oficialmente da morte da ex-youtuber, recebendo sua certidão de óbito, o caso será oficialmente encerrado.

O canal Fantastic Adventures chegou a ter 800 mil inscritos antes de ser encerrado. Os vídeos eram estrelados pelos filhos adotivos de Hobson, que tem idades entre 3 e 15 anos, além de alguns adultos. Muitas das produções veiculadas no canal atingiram excelentes picos de visualizações.

Em março, a polícia local visitou a casa de Hobson após ter recebido uma denúncia de suposto abuso de sua filha adulta. Ao chegarem, as autoridades descobriram que as crianças pareciam desnutridas, tendo olheiras sob os olhos, aparentando cansaço e fadiga. Quando questionadas pelos policiais, as crianças informaram que eram punidas quando não se lembravam das falas dos vídeos, além de não frequentarem a escola há anos.

Um dos garotos chegou a afirmar que foi espancado com um cabine e um cinto. Também informou que, por várias vezes, Hobson beliscou a ponta de seu pênis até sangrar. Uma das garotas disse que ela jogou pimenta em sua vagina, causando dor e desconforto por dias. Todas as informações constam no relatório policial.

Inicialmente, os filhos adultos de Hobson, Logan e Ryan Hackney, também foram presos por suspeita de não denunciarem o abuso infantil. No entanto, nenhuma acusação foi apresentada contra eles posteriormente.

Tags

Comentários