Henrique Fogaça fala sobre acidente, doença e separação: “Foi tudo inveja, mas já passou”

Henrique Fogaça contou que período difícil passou e que está mais cuidadoso – Foto: Reprodução/ Instagram

Henrique Fogaça contou que período difícil passou e que está mais cuidadoso – Foto: Reprodução/ Instagram

Os últimos meses definitivamente não foram nada fáceis para o chef paulista Henrique Fogaça, de 45 anos.

Numa incrível sequência de acontecimentos, ele sofreu um acidente de moto, fraturou as costelas, teve pneumonia, se separou da mulher, Carine Ludvic, e ainda enfrentou os julgamentos de toda a internet ao posar ao lado de duas freiras usando uma camiseta com a imagem de duas mulheres de hábito se beijando.

À coluna de Patrícia Kogut, do jornal O Globo, Fogaça contou que a “tempestade” está passando – ele reatou o casamento – e que está se recuperando:

Henrique Fogaça e a mulher, Carine Ludvic – Foto: Reprodução/ Instagram

Henrique Fogaça e a mulher, Carine Ludvic – Foto: Reprodução/ Instagram

“Das fraturas estou me recuperando bem. Cheguei a operar o ombro também. Fica uma sequela ou outra, mas sou forte. Acredito que o que comanda tudo é nossa mente. Ainda assim, evito exercícios de grande impacto por conta da recuperação e porque tenho hérnia de disco há mais de 15 anos. Vira e mexe sofro com crise na lombar. Tenho tido cuidado e voltei a me exercitar devagar para não me lesionar”, explicou.

À publicação, o chef [que é dono de seis restaurantes no Rio e em São Paulo] contou que a fase ruim aconteceu por pura inveja e trouxe um aprendizado:

“Fase ruim todo mundo tem, mas o que aconteceu comigo foi por inveja. Eu me expus demais. Existem muitas pessoas que dão tapinha nas costas, mas, na verdade, estão morrendo por dentro. São ‘losers’ (perdedores) na vida. Na situação em que estou, é muito olho em cima de mim. Então, isso acaba de certa forma tirando minhas energias. Eu vinha expondo a minha vida pessoal. Agora estou aprendendo a ser mais discreto. Sem contar que, nas redes, há muito julgamento. E você fala ‘A’ e as pessoas interpretam ‘Z’. Elas xingam: ‘Seu bosta’, ‘Seu filho disso e daquilo’. Aí você encontra o cara pessoalmente e ele reage de outra forma: ‘Não é bem isso que eu ia falar’. Aprendi que preciso ter cuidado. Tenho compartilhado menos sobre onde estou, o que farei…”, revelou.

Um mês após se separar de Carine Ludvic, o casal decidiu dar uma nova chance ao casamento:

“O amor falou mais alto. Ela é uma pessoa de que gosto muito: transparente, com vontade de somar. Voltamos porque os dois são parecidos”, disse ele.

Não me arrependo de ter posado com as freiras

Sempre autêntico, Henrique Fogaça também comentou a polêmica foto com duas freias brasileiras que estavam na Itália. No registro, ele aparece usando uma camiseta com a estampa de duas mulheres usando hábito e se beijando. Apesar de ter sido duramente criticado, ele disse que não se arrepende:

“Eu não me arrependi [de publicar a foto]. Sou uma pessoa, de certa forma, contestadora em relação a algumas coisas da vida. Eu estava na Itália, usando uma camisa de um cara do Rio Grande do Sul e as imagens são provocativas para a realidade do mundo em que vivemos. Coincidiu de eu ir passear pelo Vaticano e essas freiras, que eram brasileiras, falarem: ‘Ah, o Fogaça. A gente vê você na TV. Vamos fazer uma foto?’. Nós fizemos, eu publiquei e fui julgado. Depois de tudo, falei: ‘Por mim mesmo, eu não falaria nada mais’. Não queria fazer nota de esclarecimento. Preferi gravar um vídeo e explicar o que aconteceu e ponto. A melhor maneira de agir é ser transparente e verdadeiro”, completou.

Comentários