Paolla Oliveira abre o jogo namoro em aplicativo e plástica: “Fiz uma lipo e nada mais, não me arrependo”

Paolla Oliveira falou sobre plástica, envelhecimento e maternidade - Foto: Reprodução/ Instagram

Paolla Oliveira falou sobre plástica, envelhecimento e maternidade – Foto: Reprodução/ Instagram

Uma das solteiras mais cobiçadas da atualidade, Paolla Oliveira abriu o jogo sobre namoro em aplicativo de paquera, envelhecimento, procedimentos estéticos e a maternidade perto de se tornar uma quarentona.

Capa da edição mais recente da revista Quem, a intérprete de Vivi Guedes em A Dona do Pedaço explicou que está feliz sozinha, e que nunca usou os famosos aplicativos de paquera:

“Estou bem [solteira], estou feliz e vivo momentos de tão pouco tempo sozinha, porque quando eu estou sozinha estou dormindo. O trabalho também dá uma preenchida em tudo. Mas eu estou feliz. Estou vivendo realmente um momento bom e tranquilo comigo”, disse ela, garantindo que não será encontrada em nenhum aplicativo de namoro.

Paolla Oliveira já foi eleita por duas vezes a mulher mais sexy - Foto: Reprodução/ Instagram

Paolla Oliveira já foi eleita por duas vezes a mulher mais sexy – Foto: Reprodução/ Instagram

“De jeito nenhum. Eu não dou conta, gente (risos). Eu não consigo. Eu sou muito à moda antiga. Pode colocar isso: muito à moda antiga para algumas coisas. Eu gosto de serenata, né? Aplicativos fazem parte de um mundo totalmente atual, inclusive o meu mundo. Mas não dá. Agora apresentar o amigo do amigo, sim”, continuou.

Aos 37 anos, Paolla contou à publicação que não se importa muito com o envelhecimento e que provavelmente estará do mesmo jeito quando chegar aos 40:

“A gente já está com 40 quando está com 37, né? Eu, quando tinha 19, pensava ‘daqui a pouco eu vou fazer 20’. Grandes coisas. Nada mudou. A gente ouve muito ‘ah, mas você vai ver, quando você fizer 30 é ladeira abaixo’. Olha isso! Que mudança a gente quer ter na mente! Como é que a gente quer falar de uma outra beleza, como é que quer deixar as pessoas um pouco menos neuróticas e viver em um mundo menos estressado em relação à beleza se a gente tem ditados e jargões como esses? Se temos essas ‘verdades absolutas’ do tempo da minha bisavó? Tudo é um processo. Já estou pensando nos 40, mas acho que vou estar mais ou menos a mesma coisa”, disse.

Paolla Oliveira como Vivi Guedes, sua personagem em A Dona do Pedaço - Foto: Reprodução/ Instagram

Paolla Oliveira como Vivi Guedes, sua personagem em A Dona do Pedaço – Foto: Reprodução/ Instagram

Ao falar sobre procedimentos estéticos, a atriz revelou ter feito um único procedimento mais invasivo:

“Fiz [uma lipoaspiração] antes de tudo, nem sonhava entrar em televisão. Eu não me arrependo. As pessoas têm que fazer o que elas querem para ficar bonitas. Mas têm que fazer por elas. Isso é o mais importante, a gente fazer por nós. Depois não fiz mais nada. O caminho da beleza, para mim agora é: a primeira coisa, estar confortável comigo; e a segunda é vou fazer todo dia um pouco. Se eu não penso em fazer uma plástica, vou passar creme. Não acredito que a gente possa viver só pensando em intervenções drásticas – e de todos os tipos, inclusive na vida. Não, as coisas vêm acontecendo. A beleza é assim, o nosso aprendizado é assim. É amadurecimento”, opinou.

Em outro trecho da entrevista, Paolla revelou que congelou óvulos porque ainda não tem certeza absoluta sobre a questão da maternidade:

“Eu sou bem prolixa, mas quanto a isso é muito simples: quando você congela óvulos é porque você não tem uma opinião formada ainda. Como o corpo dá um limite (a idade), eu tenho óvulos congelados. Então, é assim: eu não sei (se vou ser mãe). Mas congelei exatamente por não saber e não querer gerar algum tipo de frustração, porque optar em não ter é uma coisa, e não poder é outra”, completou.

Comentários