Crítica: Marianne, série sobrenatural da Netflix, é para dividir opiniões

Crítica: Marianne, série sobrenatural da Netflix, é para dividir opiniões - Foto: Reprodução/Netflix

Crítica: Marianne, série sobrenatural da Netflix, é para dividir opiniões – Foto: Reprodução/Netflix

Nada melhor para uma série de terror do que ser lançada em plena Sexta-Feira 13. Marianne, produção francesa original da Netflix, teve a proeza de ganhar esse dia.

A série é deliciosamente sombria, com ritmo decente, alguns sustos bem trabalhados e uma atmosfera inquietante. Marianne pega os melhores elementos de vários horrores diferentes e os mistura para oferecer uma série de terror assustadoramente boa.

Com elementos de diversas outras séries de terror, e mais um aura das histórias escritas por Stephen King, Marianne é um coquetel realmente sombrio de horror que continua a impressionar até o seu final. No entanto, ela pode ser também bastante divisiva: pode haver quem adore na mesma medida de quem irá simplesmente detestá-la.

Na nossa opinião, Marianne é assustadora, perturbadora e cheia de sangue. A produção não perde tempo em ir direto ao horror e, desde a cena de abertura, essa série realmente faz todos os esforços para proporcionar um passeio emocionante e imprevisível.

Veja a crítica completa no vídeo abaixo:

Comentários