Evelyn, novo filme da Netflix, é o documentário ideal para assistir durante o Setembro Amarelo

Evelyn, novo filme da Netflix, é o documentário ideal para assistir durante o Setembro Amarelo - Foto: Reprodução

Evelyn, novo filme da Netflix, é o documentário ideal para assistir durante o Setembro Amarelo – Foto: Reprodução

Estamos no Setembro Amarelo, em que se observa a prevenção ao suicídio. A Netflix certamente aproveitou o momento para lançar um documentário que tem tudo a ver com o tema: Evelyn, dirigido por Orlando von Einsiedel.

Ele é um documentarista prolífico, provavelmente mais conhecido por seu curta vencedor do Oscar, The White Helmets, sobre socorristas sírios. Apesar de ter atuado em zona de conflito, ele afirmou em entrevista que este filme foi muito mais difícil para ele. “Apesar de tudo isso, não consigo falar sobre meu irmão e como ele morreu”, diz Orlando no começo do documentário.

Raramente os documentaristas se colocam na frente da câmera. Quando o fazem, tendem a cair em dois estereótipos: o palhaço ou o especialista onipotente. Não é nada comum que, ao invés disso, eles compartilhem sua dor. E a dor é o assunto de Evelyn.

Mais do que isso, a dor é a elemento-chave de Evelyn: o diretor vira a câmera para si e para sua família, refletindo sobre a morte de seu irmão mais novo por suicídio há 13 anos.

O filme é absolutamente importante para entender como o suicídio afeta não só a pessoa que o comete, mas todos à sua volta. Veja a crítica completa abaixo:

Comentários