Dois anos após sofrer de SARA, esposa de Stênio Garcia afirma: “Foi negligência médica”

Dois anos após sofrer de SARA, esposa de Stênio Garcia afirma: "Foi negligência médica" - Foto: Reprodução/Instagram

Dois anos após sofrer de SARA, esposa de Stênio Garcia afirma: “Foi negligência médica” – Foto: Reprodução/Instagram

Em 2017, Marilene Saade ficou em coma induzido por conta de uma complicação ocorrida durante uma cirurgia para a retirada do útero.

Ela foi vítima de SARA, sigla para síndrome da angústia respiratória aguda. Ela, que hoje tem 50 anos, refletiu sobre o que aconteceu em entrevista, onde afirma que houve erro médico que quase a matou.

“Foi negligência médica. Não se tira um órgão gigante como era o meu por videolaparoscopia. Depois soube disso por outros profissionais”, revelou a atriz em entrevista à Revista Quem, veiculada neste domingo (08/09).

Mesmo com a opinião de outros médicos afirmando que se tratava de negligência, Marilene resolveu não processar os médicos e o hospital. No entanto, sua rotina mudou. “Virei uma ostra. Não é depressão. Só não saio mais de casa para agradar aos outros como fazia. Agora faço tudo que eu quero, para me agradar”, disse.

Houve pelo menos um ponto positivo nessa mudança de comportamento: o casamento com o veterano ator Stênio Garcia, de 87 anos, se tornou ainda mais romântico. “Ele já era dedicado a mim, mas ficou mais carinhoso. Não me fala, mas deve ter ficado com medo de eu morrer”, disse Marilene moram na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Um dos pontos mais delicados para Marilene é o bullying que sofre por ter ficado mais magra. Ela explica que, na época em que esteve internada, foi medicada com cortisona, que a “inchou” e por isso houve a diferença quando saiu do hospital. “Sofro bullying por causa disso. Não aguento mais as pessoas falando que estou cada vez mais seca. Estou comendo feito uma loba e não consigo engordar uma grama”, garante.

Para tentar contornar isso, ela faz academia. Neste mês, no entanto, ela se deu férias. Mas garante que voltará. “Me dá mais energia, abre a caixa toráxica… é ótimo”, comentou.

“Não sei se foi coincidência, mas minha imunidade baixou um pouco. Se tiver frio, malho de gorrinho, se está um vendaval, não saio… evito me expor”, refletiu.

LEIA MAIS

Crítica: Elite: Segunda Temporada, série da Netflix
Sônia Braga revela desejo de voltar a fazer novelas
Saiba mais sobre o cosplay, sucesso de evento em Curitiba
Viúva de Chester Bennington anuncia noivado
Olavo de Carvalho fala sobre Beatles e vira meme
Coringa, filme com Joaquin Phoenix, leva o Leão de Ouro

Comentários