Rosamaria Murtinho manda “indireta” para novas celebridades em publicação: “Como tem gente que se acha!”

Rosamaria Murtinho manda "indireta" para novas celebridades em publicação: "Como tem gente que se acha!" - Foto: Reprodução/Instagram

Rosamaria Murtinho manda “indireta” para novas celebridades em publicação: “Como tem gente que se acha!” – Foto: Reprodução/Instagram

Nesta quinta-feira (05/09), a veterana atriz Rosamaria Murtinho a sua profissão e aproveitou para fazer uma crítica velada às novas celebridades.

Ela publicou em sua conta no Instagram uma foto antiga e passou a escrever, na legenda, sobre a maturidade. “Depois de certa idade – que não preciso dizer qual é – a gente começa a olhar o mundo de outra forma. A maturidade é uma MA-RA-VI- LHA! São tantos ganhos: aceitação, compreensão, distanciamento crítico.
Nessa profissão em que vivo há tantos anos existem dois caminhos: ou se é simples ou ridícula. Eu optei pela simplicidade”, afirma a atriz, que tem 55 anos de carreira na televisão”, disse ela, que tem 55 anos de televisão e ainda se mantém no ar, agora em A Dona do Pedaço, como Linda, a avó da digital influencer Vivi Guedes (Paolla Oliveira).

Em seguida, ela dá a alfinetada nas novas celebridades que se preocupam demais com likes: “Especialmente agora que artista virou celebridade – aliás, celebridade é a profissão do século XXI! – e é fotografado onde quer que esteja, é preciso ser simples até para rir de si mesma. Pegar uma foto e brincar com os próprios defeitos: ih, esqueci de encolher a barriga. Olhar uma cena e perceber o quanto foi canastrona. Franzir bem a testa para mostrar que não colocou botox. (O Cassiano Gabus Mendes dizia que a testa é tão importante pra atriz, que até uma grande franja atrapalhava). Simplicidade não quer dizer humildade”, afirma.

“Ser humildezinha é uma forma de pretensão, uma forma de ganhar a confiança do outro. Simplicidade é ser você mesma, sempre, em todos os momentos da vida”, continuou a esposa de Mauro Mendonça, com quem é casada há 60 anos.

Rosamaria terminou seu texto com uma reflexão. “Eu já sou, pela minha profissão, tantas pessoas que não são como eu, que não posso abrir mão de ser a Rosamaria, quando tenho possibilidade. Só assim posso achar divertida a vida, brincar com ela e não me achar a pessoa mais importante do mundo só porque apareço na televisão e nas revistas. E como tem gente que se acha! Tem gente que é menos, ganha menos, tem menos talento do que eu, mas tem uma pose!”, finalizou.

Comentários