Youtuber americana publica, sem querer, vídeo em que aparece agredindo seu cachorro e revolta web

Youtuber americana publica, sem querer, vídeo em que aparece agredindo seu cachorro e revolta web - Foto: Reprodução/Youtube

Youtuber americana publica, sem querer, vídeo em que aparece agredindo seu cachorro e revolta web – Foto: Reprodução/Youtube

Na tentativa de replicar um vídeo que tem se tornado viral entre os youtubers, a americana Brooke Houts acabou publicando um flagra que a deixou em maus lençóis.

A brincadeira que ela tenta emular envolve animais. Trata-se da pegadinha do plástico filme: ao colocar uma barreira com esse material na porta, o que os cachorros fazem? Esse é o mote da brincadeira que Brooke tentou fazer com seu cachorro, um doberman chamado Sphinx. No entanto, ao subir o vídeo para a plataforma, ela acabou enviando imagens em que mostram que os bastidores desse suposto momento de descontração não foram nada amigáveis.

As cenas mostradas no vídeo acidentalmente publicado por Brooke chocaram os amantes dos animais e revoltaram a web desde ontem (07/08), quando o vídeo viralizou. A violência com que ela trata seu cachorro, o que inclui vários tapas, deixou os internautas de queixo caído e justamente irritados.

Ao notar que subiu o vídeo com os “bastidores” sem querer, Brooke tratou de apagar a postagem. Entretanto, o estrago já estava feito. Perfis de proteção animal conseguiram salvar o vídeo antes dele ser deletado e o caso ganhou enorme repercussão.

O pequeno trecho deletado mostra Brooke frustrada com o resultado da gravação da pegadinha. Por não ter dado certo, ela acabou descontando em Sphinx.

 

Cachorro era a estrela do canal

Brooke tem um canal no Youtube com 340 mil seguidores, e muitos de seus vídeos mostram Sphinx como um dos astros de seus vídeos. Somente na última semana, ela publicou cerca de quatro vídeos em que o cachorro aparece. Ele tem até um perfil próprio no Instagram.

Após ser denunciada por várias entidades e pessoas que se revoltaram com as imagens vistas no vídeo, Brooke está sendo investigada pela polícia de Los Angeles, onde mora, segundo o site TMZ. A polêmica fez com que ela deixasse suas redes sociais de lado, inclusive “trancando” seu Instagram, onde estava recebendo mensagens condenando sua atitude perante o cachorro.

No Twitter, outra rede social que ela passou a evitar, ela deixou um longo desabafo se explicando. “Eu não sou uma abusadora de cachorros ou de qualquer animal, de maneira nenhuma. Qualquer pessoa que já tenha testemunhado ou ouvido abuso contra animais consegue ver isso claramente. Meu cachorro não foi ferido de maneira alguma”, escreveu ela. O relato pode ser visto no final da matéria, em inglês.

No mesmo texto, ela diz que não contratou um adestrador por conta do alto custo. O cachorro está com ela desde o final de 2018.

Veja o vídeo abaixo. Mas atenção: são cenas fortes de agressão animal.

 

Tags

Comentários