Paula Fernandes fala sobre depressão aos 18 anos: “Via a vida muito em preto e branco”

Paula Fernandes fala sobre depressão aos 18 anos: "Via a vida muito em preto e branco" - Foto: Reprodução/Instagram

Paula Fernandes fala sobre depressão aos 18 anos: “Via a vida muito em preto e branco” – Foto: Reprodução/Instagram

Em uma série de vídeos postados em sua conta no Instagram, a cantora Paula Fernandes abriu o coração para falar sobre uma fase complicada pela qual passou aos 18 anos de idade.

Nos registros, que somados totalizam quase oito minutos de desabafo, ela conta sobre quando descobriu estar sofrendo de depressão. Por conta da doença, ela diz que se sentia “diferente”.

“Eu percebi tinha alguma coisa diferente, mas não entedia que era depressão. Eu tinha meu preconceito. Só tinha 18 anos e não podia imaginar que eu tinha depressão. Sentia muita tristeza, era muito pessimista, muito negativa, via a vida muito em preto e branco, muito melancólica”, contou em um dos primeiros vídeos.

Por conta da depressão, muitos outros problemas de saúde relacionados acabaram surgindo – e Paula precisou lutar ainda mais. “Tive queda de cabelo, muita arritmia, falta de ar e crises de pânico. Foi bem sério esse processo. O pior de tudo é que eu não aceitava. Como assim, eu como 18 anos vou ter depressão. Criança tem, adulto tem, velhinho tem. Isso não tem raça, cor, distinção”, enfatizou.

 

Vencendo a depressão

A partir de então, a cantora passou a procurar pela cura, e a encontrou no auto-conhecimento: “Comecei a descobrir quem eu realmente era, o que eu queria da minha vida, os meus gostos, meus limites, minhas falhas, dificuldades, muitos complexos. Comecei a ter que lidar com a minha gravidez. Um conflito absurdo porque eu já cantava. Eu era exposta, me fazia ter que doar coisas que eu não tinha para dar”.

No entanto, narrou o sofrimento pelo qual passou e que se refletiu em sua personalidade: por ser muito tímida, começou a sentir que as pessoas a consideravam antipática. “Sofri muito. Fui antipatizada por isso, por minha seriedade. Eu não sorria. Às vezes estava com tanta timidez e vergonha, cheia de complexo e medo, e não conseguia me expor da forma que eu gostaria. Isso me atrapalhou. Venci isso há poucos anos e superar essa minha dificuldade social”, explicou.

Atualmente, Paula Fernandes se considera curada da depressão. “Estou muito mais leve e realizada. Depressão tem ligação direta com infelicidade. A gente tem que se realizar. Por muito tempo fui muito infeliz e adoeci de infelicidade. É possível vencer”, disse aos seus seguidores.

Paula está em um novo momento profissional. Depois de passar por problemas com o lançamento do single Juntos, em que canta com Luan Santana uma versão de Shallow, de Lady Gaga e Bradley Cooper e que acabou se tornando meme por conta da tradução “alternativa”, a cantora está lançando um DVD com um registro em que relembra os sucessos de sua carreira. Luan, inclusive, não quis participar da gravação.

Veja o vídeo:

Comentários