Análise: Erros e acertos do remake de O Rei Leão – por que o filme não agradou a crítica?

Análise: Erros e acertos do remake de O Rei Leão - por que o filme não agradou a crítica? - Foto: Reprodução/Disney

Análise: Erros e acertos do remake de O Rei Leão – por que o filme não agradou a crítica? – Foto: Reprodução/Disney

O remake de O Rei Leão estreará nos cinemas do mundo inteiro a partir da próxima semana. A expectativa do público é imensa – no entanto, as sessões para a imprensa já aconteceram, e o filme acabou dividindo os críticos e jornalistas que já assistiram ao longa dirigido por Jon Favreau (Homem de Ferro, Mogli – O Menino Lobo).

Até mesmo uma parcela do público começa a suspeitar que algo está errado com o filme. Muitos argumentos começaram a pipocar nas redes sociais logo que mais cenas do longa-metragem foram divulgadas na última semana, como por exemplo, a recriação da icônica cena do Hakuna Matata: tanto o leão Simba quanto o javali Pumbaa e o suricato Timão não possuem qualquer expressão facial, diferentemente do que acontece no desenho de 1994.

Sem dúvida, isso desanimou algumas pessoas que esperavam ansiosamente pelo remake, já que o extremo realismo do filme pode terminar levando-o para um paradoxo: se o filme é fotorrealista demais, quase parecendo um documentário, a magia da história se perde?

No vídeo abaixo, analisamos a fundo a questão, em que são contrapostos os argumentos a respeito dos erros e acertos do remake de O Rei Leão.

Assista:

LEIA MAIS

Campanha quer Gretchen como nova embaixadora do Brasil nos EUA
Mônica Martelli faz viagem romântica com namorado
Yudi Tamashiro já atropelou Sílvio Santos com skate
Thaís Fersoza aparece renovando o bronze nas praias do Rio: “Cariocando”
Reunião de Família, série da Netflix, não inova – mas é um clichê divertido

Tags

Comentários