Crítica: 4 Latas, filme que estreia na Netflix, é um road movie simpático e emocionante

Crítica: 4 Latas, filme que estreia na Netflix, é um road movie simpático e emocionante - Foto: Reprodução/Netflix

Crítica: 4 Latas, filme que estreia na Netflix, é um road movie simpático e emocionante – Foto: Reprodução/Netflix

O filme 4 Latas é um bom exemplar de um gênero que tem se tornado cada vez mais raro no cinema: o road movie sentimental.

Filmes como A História Real (1999, de David Lynch) e Central do Brasil (1998, de Walter Salles) são exemplos desse gênero, que promove a transformação de personagens através de uma jornada na estrada, onde o percurso é mais importante do que o destino. É filme feito para rir e chorar.

Neste longa espanhol, dois amigos precisam atravessar o deserto do Saara para encontrar um terceiro colega, que está morrendo. Junto a filha desse amigo e um caronista que encontram no caminho, eles dividem o carro que deve levá-los ao destino antes que seja tarde demais, e no caminho, descobrir os laços que os unem: a amizade, companheirismo e o amor fraterno.

4 Latas tem, em seu elenco, o renomado Jean Reno, conhecido por diversos filmes na década de 90 e 2000, como O Profissional, O Código da Vinci e A Pantera Cor de Rosa. Francês, aqui ele exibe um espanhol impecável – além de mais uma atuação excelente.

Veja a crítica completa aqui:

LEIA MAIS

Campanha quer Gretchen como nova embaixadora do Brasil nos EUA
Mônica Martelli faz viagem romântica com namorado
Erros e acertos do remake de O Rei Leão – por que o filme não agradou a crítica?
Yudi Tamashiro já atropelou Sílvio Santos com skate
Thaís Fersoza aparece renovando o bronze nas praias do Rio: “Cariocando”
Reunião de Família, série da Netflix, não inova – mas é um clichê divertido

 

Comentários