Promoter presta queixa contra Adriano e o acusa de tentativa de agressão

Promoter presta queixa contra Adriano e o acusa de tentativa de agressão - Foto: Reprodução/Instagram

Promoter presta queixa contra Adriano e o acusa de tentativa de agressão – Foto: Reprodução/Instagram

O jogador Adriano está fora dos campos, mas sua vida além do esporte sempre foi bastante agitada. Conhecido por ser um homem da farra, o “Imperador” é sempre notícia.

Dessa vez, ele se meteu em uma confusão que acabou com o envolvimento da polícia. O caso aconteceu na madrugada de domingo para segunda (08/07), na boate Vitrinni Lounge, na Barra, Zona Oeste do Rio.

O promoter Yuri Monteiro, de 27 anos, que trabalha no local, abriu um boletim de ocorrência na 16ª DP acusando Adriano de tentar agredi-lo. Yuri afirma que o jogador só não conseguiu porque foi contido por amigos e seguranças do local. Além disso, Adriano teria feito ameaças e jogado um copo em Yuri, dizendo: “Eu vou te pegar. Não tem (Lei) Maria da Penha para viado”.

Segundo Yuri, Adriano teria feito as ameaças porque é de Micaela Mesquita, ex-namorada de Adriano. Por conta da violência e das ameaças recebidas, o promoter precisou deixar a boate pela porta dos fundos.

Ao jornal Extra, Yuri comentou sobre o caso: “Ele tentou me agredir e pediu para os seguranças me tiraram da boate. Nunca fiz nada contra ele. Não tem motivo para ele ter essa raiva de mim. Tudo foi por causa de ciúme de uma ex-namorada, que não tem nada a ver. Estou me sentindo ameaçado e com medo de andar na rua e ele mandar fazer alguma coisa contra mim”, afirmou.

Já Adriano, através de seus advogados, nega que tenha tentado agredir Yuri: “O Adriano nega que tenha tentado agredir essa pessoa, muito menos ameaçá-lo. Tal fato será facilmente esclarecido na Justiça”, disse o advogado Diogo Souza, representante do jogador.

O caso foi registrado como ameaça. A polícia pedirá as imagens de câmeras de segurança do interior da boate.

Comentários