Hugo Bonemer fala sobre saída do armário: “Diziam que eu nunca ia trabalhar na TV novamente”

Hugo Bonemer fala sobre saída do armário: "Diziam que eu nunca ia trabalhar na TV novamente" - Foto: Reprodução/Instagram

Hugo Bonemer fala sobre saída do armário: “Diziam que eu nunca ia trabalhar na TV novamente” – Foto: Reprodução/Instagram

O ator Hugo Bonemer resolveu assumir a homossexualidade quase aos 30 anos, quando já tinha uma carreira consolidada no teatro e na TV.

Essa atitude foi pensada com cuidado por ele, já que havia o medo de nunca mais conseguir um papel importante na televisão, visto o preconceito que ainda existe contra o público LGBT. No entanto, as coisas foram um pouco diferentes para ele.

“A repercussão foi totalmente contra o que eu imaginava. O que eu ouvia de outras pessoas que tinham dividido isso com o público era horrível”, disse em uma entrevista para a Revista Quem. “A apresentadora Ellen Degeneres, por exemplo, ficou oito anos sem trabalhar após dizer que era lésbica. Muita gente dizia que eu nunca ia trabalhar na TV novamente”.

O fato de ter saído do armário não afetou a vida profissional de Hugo, que foi convidado a participar do quadro Show dos Famosos, no Domingão do Faustão. Quando recebeu a ligação do diretor do programa, Cris Gomes, ele revelou ter se emocionado.

Hugo Bonemer fala sobre saída do armário: "Diziam que eu nunca ia trabalhar na TV novamente" - Foto: Reprodução/Instagram

Hugo Bonemer fala sobre saída do armário: “Diziam que eu nunca ia trabalhar na TV novamente” – Foto: Reprodução/Instagram

“A minha vida profissional continua bem. Recebi um convite que nunca imaginei receber: o de participar do Show dos Famosos, o programa de maior audiência da família brasileira. Por isso que eu chorei muito no dia em que eles me ligaram para trabalhar. Eu disse para o Cris Gomes: ‘Desculpe, eu estou chorando porque me disseram que eu nunca mais ia trabalhar se eu me assumisse’. Ele começou a chorar também e disse que todos estavam de braços abertos para mim”, contou.

Sobre sua orientação sexual, Hugo disse no bate-papo que ficou bem mais fácil dar uma entrevista sem o peso de esconder a verdade: “A coisa mais legal é a leveza. Passei a ser mais sincero e a falar o que pensava. Outra coisa legal é descobrir como as pessoas realmente pensam. Tem gente que você achava um máximo e descobre que é uma pessoa idiota. E tem gente que a gente achava que era indiferente, mas que te ama mesmo”, afirmou.

“Contei para um parente que estava namorando e essa pessoa começou a chorar muito. Lembro que ela me disse: “Todos os homens que se relacionaram comigo hoje mentiram para mim, mas você teve a coragem de entrar na minha casa e falar a verdade sobre um assunto que eu sei que não é fácil de falar. Que todos os homens fossem um pouco parecidos com você”. Ela chorava muito! E era uma pessoa que eu não imaginava ouvir isso. Mudou muito a minha relação com ela. Hoje é uma das pessoas que mais amo”, comemorou.

Relação terminada

Durante a entrevista, Hugo falou do fim do seu relacionamento com Conrado Helt e sobre a torcida do público para que os dois reatem o relacionamento. “Não quero que romantizem a minha vida afetiva. Porque é como a vida de qualquer um. É uma relação real, de altos e baixos. Eu e o Conrado não estamos mais juntos. Estamos conversando sobre a possibilidade de voltar. A gente está passando por alguns ajustes e acertos. Nunca quis transformar a minha relação em um objeto de marketing. Ela é real. A questão é que nós somos como qualquer outra pessoa”, esclareceu.

Hugo alertou, no entanto, que o término do relacionamento signifique algo de ruim para sua vida. “O fim do nosso relacionamento não significa que não seja possível para um gay encontrar o amor. O Conrado foi o meu segundo namorado, nunca vai deixar de ser parte da minha família. Mas o que quero dizer é que não quero ser um exemplo. Vou errar como qualquer outra pessoa. Enquanto todos os meus amigos tiveram várias namoradas e pegaram na mão das pessoas que amavam pela primeira vez aos 13 anos de idade, eu fiz isso aos 26. Minha vida sexual e afetiva começou super tarde. Eu dizia até que queria ser padre quando criança porque antes os gays eram mandados para o hospício ou para o seminário”.

Ao fim, o ator afirmou que, em um futuro próximo, a homossexualidade vai ser vista como algo mais natural dentro da sociedade. “Tem um grupo contaminado por um pensamento antiquado. Mas tem um grupo muito grande de uma molecada mais jovem que está descobrindo uma sexualidade que não é a nossa. Vai além de gay, lésbica, hetero, bi… Vamos entender que identidade é diferente de sexualidade. A gente está descobrindo que as pessoas não nascem iguais”, ponderou.

LEIA MAIS

Namorada de José de Abreu sofre preconceito
Maurício de Souza chora na pré-estreia de filme
Pabllo Vittar lembra ataques homofóbicos 
Núbia Óliiver explica o que é “golden shower”
Assistente de Ratinho posa de fio dental
Shakira posa de biquíni e exibe corpo escultural

Veja mais notícias de Famosos.

Hugo Bonemer fala sobre saída do armário: "Diziam que eu nunca ia trabalhar na TV novamente" - Foto: Reprodução/Instagram

Hugo Bonemer fala sobre saída do armário: “Diziam que eu nunca ia trabalhar na TV novamente” – Foto: Reprodução/Instagram

Comentários