Monique Evans comemora criminalização da homofobia e avisa: “Quem me encher o saco, vai responder na justiça”

Monique Evans comemora criminalização da homofobia e avisa: "Quem me encher o saco, vai responder na justiça" - Foto: Reprodução/Instagram

Monique Evans comemora criminalização da homofobia e avisa: “Quem me encher o saco, vai responder na justiça” – Foto: Reprodução/Instagram

Monique Evans se juntou ao coro de celebridades que comemorou a decisão do Supremo Tribunal Federal de enquadrar o crime de homofobia ao crime de racismo.

Para quem não sabe, o STF incluiu na Lei de Racismo toda discriminação sofrida pela população LBGT. Isso foi feito por conta da omissão do Congresso Nacional em sancionar uma lei específica para tratar do caso. Sentindo que essa minoria estava desprotegida, os ministros decidiram incluí-los na lei que pode dar até 5 anos de prisão a quem incorrer neste crime.

A apresentadora e modelo, que namora Cacá Carvalho, celebrou a decisão. “Quando me criticam por eu estar com a Cacá, eu fico muito chateada. É tanta cobrança. As pessoas não tem noção do quanto elas ferem os outros. Não entendo porque o amor incomoda tanto”, disse em declaração à Revista Quem.

“Mas com essa lei nova de criminalização da homofobia, vou processar todo mundo. Quem me encher o saco, vai responder na justiça”, avisou.

Monique Evans comemora criminalização da homofobia e avisa: "Quem me encher o saco, vai responder na justiça" - Foto: Reprodução/Instagram

Monique Evans comemora criminalização da homofobia e avisa: “Quem me encher o saco, vai responder na justiça” – Foto: Reprodução/Instagram

Monique também contou sobre como conheceu sua namorada. “Estava em uma fase após um reality show que participei em que eram todos contra mim. Foi complicadérrimo. Quase pirei. Depois disso, me internei, fiquei quase maluca. A Cacá me conheceu lá e, hoje em dia, está tudo ótimo. Estou me tratando. Ela é uma parceirona. Com certeza, ela tem uma responsabilidade muito grande na ajuda da minha melhora. Isso fez com que a gente criasse uma afinidade muito grande e uma ajuda a outra”, disse.

Companheirismo

Monique e Cacá estão juntas há cinco anos, e nesse período elas sofreram vários tipos de preconceito através das redes sociais. No entanto, o relacionamento segue firme e forte. “São cinco anos de convivência. Nos conhecemos muito e nos ajudamos. A gente vive juntas 24 horas. Agora que ela vai começar a tocar em uma turnê fora do Brasil e não poderei ir”, lamentou.

“Vou sofrer muito, porque a gente está acostumada a ficar grudada. Sempre que posso, acompanho ela amarradona nos trabalhos. Fico do lado registrando tudo. Os vídeos que ela posta sou eu quem faço”, derreteu-se Monique.

Perguntada se ainda tem vontade de ter filhos, Monique foi categórica. “Não tenho esse desejo. Tenhos meus filhos lindos, que me enchem de orgulho já crescidos e a Cacá está trabalhando muito. Não tenho mais esse pique. Não tenho mais idade para isso tudo, um bebê chorando de madrugada. Estou em uma fase que acho melhor a gente curtir as duas juntas, viajar e tudo mais”, afirmou.

Monique Evans comemora criminalização da homofobia e avisa: "Quem me encher o saco, vai responder na justiça" - Foto: Reprodução/Instagram

Monique Evans comemora criminalização da homofobia e avisa: “Quem me encher o saco, vai responder na justiça” – Foto: Reprodução/Instagram

Comentários