Veja a crítica de O Bom Sam, filme otimista da Netflix

Veja a crítica de O Bom Sam, filme otimista da Netflix - Foto: Reprodução/Netflix

Veja a crítica de O Bom Sam, filme otimista da Netflix – Foto: Reprodução/Netflix

Imagine você receber 100 mil dólares de forma inesperada, na porta da sua casa, sem saber quem foi que te deu esse dinheiro? Essa é a premissa de O Bom Sam, filme que estreou essa semana na Netflix.

O longa acompanha o mistério que acontece em Nova York, onde algumas pessoas começam a receber um saco de dinheiro em suas portas pela manhã. O caso chama a atenção da imprensa, e uma emissora destaca uma de suas profissionais para cobrir o caso. Kate – a repórter da emissora – é uma mulher cética que não acredita em bondade aleatória. Enquanto ela entrevistas os beneficiários do “bom Sam” (assim fica conhecida a pessoa que distribui o dinheiro), ela vai descobrindo que a bondade e a solidariedade existem mesmo em um mundo desvirtuado. E é claro, também conhece o amor.

O Bom Sam é um filme que pode ser chamado de “feel good movie”, ou seja, é o típico trabalho para fazer com que as pessoas se sintam bem, de alto astral assim que o longa acaba. Veja mais na crítica abaixo.

Comentários